Publicidade

Cuiabá, Sábado 11/07/2020

Esporte - A | + A

nomes importantes demitidos 04.05.2020 | 15h19

Pinheiros mostra queda de 37% nas receitas em meio a corte de atletas

Facebook Print google plus

Reprodução/Instagram/@ecpinheiros

Reprodução/Instagram/@ecpinheiros

Fim de contratos com atletas profissionais, redução em 25% no salário, renegociação com prestadores de serviço e fornecedores… O Esporte Clube Pinheiros detalhou nesta segunda-feira (4) as contas em meio à pandemia do novo coronavírus. Segundo o relatório Contas Abertas, a agremiação, que já rendeu 12 das 129 medalhas olímpicas ao Brasil, teve as receitas reduzidas em R$ 7,4 milhões, sofrendo um impacto negativo de 37%.

 

O clube da zona oeste da capital paulista alega que as ações tomadas em abril foram baseadas para manter o equilíbrio no orçamento, com a tentativa de reduzir o impacto financeiro. As receitas são provenientes, em sua maioria, da mensalidade dos sócios e de atividades do em seu espaço como restaurantes, atividades esportivas, sociais, culturais e de patrocínios. O documento aponta que os números apresentados são estimados.

 

Leia também - Neymar recusa R$ 600 milhões para renovar contrato com PSG, diz jornal

 

Apesar da pandemia, o Pinheiros fechou o primeiro trimestre com superávit de R$ 2,1 milhões. No entanto, cerca de R$ 700 mil já haviam sido perdidos com a suspensão das atividades em março. Por isso, a composição das receitas dos clubes caíram de R$ 19.868.188,05 para uma nova projeção de R$ 12.468.146,07.

 

Na segunda quinzena de abril, o Pinheiros, que havia se classificado na sexta posição para os playoffs do por ora paralisado NBB, demitiu todo o time de basquete masculino. Pouco tempo depois, foi a vez do término do contrato com o último campeão olímpico do salto com vara, Thiago Braz. Em contato com a reportagem, a esgrimista campeã mundial, Nathalie Moellhausen disse que deve manter seu contrato até pelo menos o final do ano.

 

Além deles, os atletas Arthur Nory (ginástica), Marcelo Chierighini (natação) e Rafael Silva (judô) também fazem parte do estrelado time pinheirense. Fontes no clube dizem que mesmo esses contratos devem ser revistos no que seria uma briga entre privilégios para associados e para times de alto rendimento.

 

Dentro desses cortes nas receitas, competições esportivas e viagens foram suspensas, além do valor pago a atletas e técnicos que foi reduzido em 25% — os pagamentos das moradias dos atletas foi mantido. Somente com a despesa dos atletas então, a redução foi de R$ 581.345, que corresponde a 45%.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Governo federal está liberando R$ 1.045 do FGTS por trabalhador para movimentar a economia. O que você fará com o benefício?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 10/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 23,80 0,21%

Algodão R$ 94,97 -0,52%

Boi a Vista R$ 130,85 -0,49%

Soja Disponível R$ 65,40 -0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.