Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 21/10/2020

Polícia - A | + A

LESÕES NO ROSTO 29.09.2020 | 08h00

Menor foi morta a pedradas pelo ex após ele achar pílula do dia seguinte

Facebook Print google plus

Chico Ferreira/Reprodução

Chico Ferreira/Reprodução

Weverton Cleber Silva de Jesus, 25, foi preso em flagrante na tarde de segunda-feira (28), pela equipe da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), após confessar ter matado a ex-namorada Laine Alves Dias, 16, com golpes de pedrada no rosto. O crime aconteceu na madrugada de segunda, dentro da casa da vítima, no bairro São Mateus, em Várzea Grande. Segundo o suspeito, o crime aconteceu após ele ‘ficar cego’ ao achar uma pílula do dia seguinte na casa da adolescente.

 

Conforme adianta pelo , o corpo da menina estava em cima da cama, com várias lesões no rosto e sangue espalhado pelo travesseiro e no lençol e foi encontrado pelo ex-namorado da vítima, Weverton e por um amigo dele. Assim que a PM chegou na ocorrência, Weverton afirmou que eles terminaram na sexta-feira (25), mas que ficou preocupado após Laine não atender ligações, especialmente da sua patroa.

 

Leia também - Ex-namorado encontra adolescente morta na cama em VG

 

Inicialmente, ele pediu ao seu padrasto para ir atrás da menina na casa, já que ela era inquilina dele. O homem afirmou que chamou pela jovem, mas ninguém apareceu. Depois, o suspeito pediu ao amigo para ir ao local, mas sem sucesso. Weverton voltou à casa da vítima, na companhia do mesmo amigo, e arrombaram a porta, ‘encontrando o corpo’.

 

Polícia Civil e Perícia Oficial foram acionadas e assim que os investigadores terminaram os trabalhos na casa, solicitaram que Weverton, o padrasto e o amigo dele fossem até à delegacia para prestar depoimento. Uma amiga da vítima também foi ouvida, assim como a mãe de Weverton, que alegou saber do motivo da separação.

 

Confissão

A amiga da vítima, também menor de idade, contou que conversou com ela pela última vez na noite de domingo (27). Em um áudio de WhatsApp, apresentado durante o depoimento, Laine contou que Weverton havia deixado o gás da sua casa aberto. O suspeito foi o último a ser ouvido.

 

Após todos os indícios, ele acabou confessando ter matado a ex-namorada com golpes de pedrada. Sobre a motivação, afirmou que ‘ficou cego’ ao encontrar uma pílula do dia seguinte na casa de Laine e foi até o quintal, onde achou uma pedra e jogou no rosto da vítima. A pedra foi procurada, mas não foi encontrada.

 

Ele autorizou ainda os policiais a analisarem seu celular. Em um dos aplicativos, foi possível constatar por meio da localização, que ele deixou a casa da vítima por volta das 5h04 da madrugada de segunda-feira. Após a confissão, ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado para uma unidade prisional.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Como você avalia a ausência de um candidato convidado para debater com adversários?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 21/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 57,50 1,77%

Algodão R$ 118,67 3,64%

Boi a Vista R$ 242,24 0,00%

Soja Disponível R$ 156,30 0,35%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.