Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 04/12/2020

Polícia - A | + A

SOB INVESTIGAÇÃO 28.10.2020 | 17h51

Polícia faz buscas em casas de namorado de desaparecida há 6 meses em Cuiabá

Facebook Print google plus

Chico Ferreira

Chico Ferreira

Duas casas do namorado de Lucimar Fernandes Aragão, 40, desaparecida desde maio, foram alvos de busca e apreensão realizada por investigadores do Núcleo de Pessoas Desaparecidas da Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção à Pessoas (DHPP), na manhã desta quarta-feira (28), em Cuiabá e Várzea Grande.

 

Conforme a assessoria de imprensa da Polícia Civil, o homem é o principal suspeito do desaparecimento da vítima. Uma das casas está localizada no bairro Parque Geórgia, em Cuiabá. Já a outra está na Cohab Cristo Rei, em Várzea Grande.

 

Leia também - Polícia Civil prende dupla que matou vigia durante roubo; eles eram 'disciplina' de facção em loteamento de VG

 

Essa é a primeira de uma série de diligências que vão acontecer dentro do inquérito que investiga o desaparecimento, informou o delegado Anderson Veiga, que conduz o caso. Nas casas, as equipes apreenderam diversos objetos.

 

“Nos imóveis foram apreendidos objetos que serão analisados e submetidos à perícia. O trabalho investigativo prossegue de forma interrupta no sentido de localizar a desaparecida, a qual acredita-se que esteja morta e o cadáver ocultado”, disse Veia, que atua na DHPP.

 

Mãe denunciou desaparecimento

Conforme a Polícia Civil, Lucimar foi dada como desaparecida só em maio. Mas, antes disso, a família já estava sem contato com ela. Acontece que ela se mantinha afastada da família, relatou a mãe.

 

Aos policiais, a mãe dela contou que chegou a ligar várias vezes em seu telefone, mas sem sucesso. Ela foi até a sua casa, onde encontrou seu carro com aspecto de abandonado.

 

Já na casa do namorado, ao questionar sobre o paradeiro dela, o homem disse que eles brigaram e que ele sumiu. Testemunhas contaram que o casal era visto brigando constantemente.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

ILDO PEREIRA - 29/10/2020

A FAMILIA DEMOROU MUITO PARA DENUNCIAR O CASO, SE FOI ASSASSINADA JA DEU TEMPO DO CRIMINOSO SUMIR COM EVIDENCIAS, UMA PENA POSSA SER QUE O CASO NAO SEJA RESOLVIDO;

1 comentários

1 de 1

Enquete

Com o resultado da eleição, você acredita em uma Cuiabá melhor a partir de 2021

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 04/12/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 59,80 -0,33%

Algodão R$ 126,90 -0,91%

Boi à vista R$ 249,16 -1,37%

Soja Disponível R$ 153,00 -0,97%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.