Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 31/03/2020

Polícia - A | + A

MORTO COM 7 TIROS 11.02.2020 | 07h29

Suspeito confessa morte de fisiculturista e alega motivação passional

Facebook Print google plus

Reprodução

Reprodução

Nicolas Locatelli, suspeito de matar com 7 tiros o fisiculturista Marcos Vinícius Camargo, 22, se apresentou à Polícia Civil de Rosário Oeste (128 km ao Norte de Cuiabá), confessou o crime e a motivação, que foi passional. Ele será indiciado por homicídio qualificado e sua prisão só acontecerá após decreto da Justiça. 

 

Como já noticiado pelo , o delegado Henrique Trevyssan aguardava a apresentação do suspeito, que foi negociada junto de seu advogado – que não foi identificado pela reportagem.  Por volta das 16h, ele compareceu a delegacia, onde confessou o crime e apontou a motivação: passional.

 

Há cerca de um ano, o suspeito estava com uma namorada em um bar, quando foi ao banheiro. Ao retornar, encontrou Marcos conversando com a namorada, iniciando uma discussão entre eles. A partir daí, se tornaram desafetos e todas as vezes que se encontravam, aconteciam algumas discussões e intimidações.

 

‘Preparado’

Na madrugada de domingo (9), Nick, como é conhecido o suspeito, sabia que poderia encontrar a vítima e que, por isso, foi armado para a casa noturna Music Bar, em uma avenida de Rosário.

 

Quando percebeu que a vítima estava se aproximando, atirou 7 vezes em sua direção. Marcos não resistiu e morreu na hora. Nick fugiu em um corolla, mas foi identificado na mesma hora por populares. 

 

Durante os disparos, uma adolescente de 17 anos foi atingida por uma bala perdida no ombro e foi internada. Marcos era fisiculturista e carregava o título de campeão estadual em 2018. Amigos e familiares lamentaram a morte do jovem nas redes sociais.

 

Pedido de prisão 

Apesar de ter se apresentado, Nick foi ouvido e, em seguida, liberado. Não há flagrante, como foi infomado pelo delegado Henrique. Agora, um inquérito está sendo finalizado, mas já foi sinalizado o pedido de prisão preventiva contra o suspeito. 

 

Ele pode ser preso a qualquer momento, cabendo a Justiça assinar o decreto. A reportagem não localizou a defesa do suspeito.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Levando em consideração as condições sanitárias do país, você optaria por:

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 31/03/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,40 1,18%

Algodão R$ 90,35 -0,31%

Boi a Vista R$ 134,00 -0,89%

Soja Disponível R$ 66,10 0,61%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.