Publicidade

Cuiabá, Domingo 05/07/2020

Política de MT - A | + A

INTERNACIONALIZAÇÃO 20.11.2019 | 13h13

Aeroporto deve ter voos internacionais em dezembro

Facebook Print google plus

Divulgação

Divulgação

Até o dia 30 de novembro o processo de internalização do Aeroporto Marechal Rondon deve estar concluído. A garantia foi dada nesta terça-feira, 19, pelo secretário Nacional de Aviação Civil, Ronei Glanzmann, durante reunião com o senador Wellington Fagundes (PL-MT), presidente da Frente Parlamentar de Logística e Infraestrutura do Congresso Nacional - Frenlogi. Com isso, será possível abrir operações aéreas para países sul-americanos, com previsão de dois voos semanais da empresa Azul de Cuiabá a Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia.

 

Leia também - Mauro Mendes decide não renovar decreto de calamidade que venceu no dia 17

 

Glanzmann explicou que a SAC e a Receita Federal firmaram entendimento para alteração de manuais de procedimentos relativos à área de uso alfandegário. Participam também dos entendimentos a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a Polícia Federal e a Vigilância Agropecuária Internacional do Ministério da Agricultura.

 

O secretário Nacional de Aviação Civil lembrou que a concessão do Aeroporto Marechal Rondon – em bloco, juntamente com os aeródromos de Sinop, Alta Floresta e Rondonópolis – ocorreu em março deste ano e que, posteriormente, tiveram início os estudos para a retomada de vôos internacionais. “A atuação do senador Wellington Fagundes tem sido fundamental para agilizar esse processo” – frisou.

 

“A internacionalização é uma luta muito grande de toda a comunidade. A concessão pela qual trabalhamos teve também a finalidade de ajudar nesse processo de integração com os países da América do Sul. As medidas estão sendo tomadas com a nova arregimentação. Aquilo que causa preocupação maior, que é a questão da área já está sendo equacionada, com a adequação do espaço necessário à Receita Federal” – disse Fagundes.

 

Além da questão da internacionalização do Aeroporto Marechal Rondon, a reunião na Secretaria Nacional de Aviação Civil serviu também para discutir as etapas relacionadas a transição dos aeródromos para a empresa concessionária. Glanzmann informou ao senador que até o final do ano todos os procedimentos estarão concluídos, de forma a permitir que os projetos previstos comecem a ser operacionalizados com o aporte de investimentos pelo Consórcio Aeroeste.

 

Barra do Garças

Outro tema tratado no encontro foi a questão dos investimentos previstos para o Aeroporto de Barra do Garças. Segundo o secretário, está em andamento o projeto para a ampliação do terminal de passageiro e ‘reperfilamento’ de todo o aeroporto. Uma vez finalizado, segundo ele, será firmado termo de cooperação com a Prefeitura.

 

Glanzmann destacou o trabalho que a Prefeitura vem realizando para viabilizar o empreendimento e garantiu que a modernização e ampliação do Aeroporto de Barra do Garças é estratégico para o desenvolvimento da aviação regional no Centro-Oeste.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Governo federal está liberando R$ 1.045 do FGTS por trabalhador para movimentar a economia. O que você fará com o benefício?

Parcial

Edição digital

Domingo, 05/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 26,50 2,32%

Algodão R$ 93,04 -0,63%

Boi a Vista R$ 133,62 0,26%

Soja Disponível R$ 72,00 0,56%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.