Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 17/10/2019

Política de MT - A | + A

culpa o individualismo 21.03.2019 | 16h48

Emanuel Pinheiro cancela festa dos 300 anos de Cuiabá

Facebook Print google plus

Luiz Alves/Prefeitura de Cuiabá

Luiz Alves/Prefeitura de Cuiabá

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) anunciou o cancelamento do festival Cuiabá 300 anos, que seria realizado nos dias 6,7 e 8 de abril. Segundo o gestor, não há espaço disponível na Capital para a realização de um evento desse porte.

 

"Em virtude do individualismo de alguns setores, nossa Capital não será mais presenteada com um festival 300 anos, aquela linda festa, um momento emblemático que tanto sonhei para a nossa população, estamos há mais de 8 meses organizando e que seria custeado 100% com recursos da iniciativa privada", anunciou o prefeito em vídeo.   

 

Leia também - Prefeitura desiste de usar Arena Pantanal em festa dos 300 anos

 

A discussão sobre festival ocorreu porque a Prefeitura solicitou o uso do gramado da Arena Pantanal para a realização do festival, no entanto, o Ministério Público do Estado (MPE) recomendou que o governo não cedesse o estádio, pois em dias próximos será realizado um jogo da série B do Campeonato Brasileiro e não daria tempo para a recuperação do gramado, além de partidas do Capeonato Mato-grossense.   

 

Entre os shows previstos para o festival estavam Jota Quest, Zezé de Camargo e Luciano, Leonardo, Chitãozinho e Xororó, além do cantor gospel Fernandinho e o padre Alessandro Campos.

 

Pinheiro alega que foram dadas garantias de que o gramado não seria deteriorado, mas que não foram suficientes para a liberação do estádio. E que foi verificada a possibilidade da realização do festival em outros lugares como a Orla do Porto e o Sesi Papa, mas não há estrutura disponível para um evento desse porte.  

 

Ele ainda alfinetou a gestão estadual ao afirmar que “se for para criarmos uma polêmica, uma celeuma com alguém ou com alguma instituição, que seja por motivos prioritários por Cuiabá, como por exemplo, a nossa Santa Casa”. Relembrando inclusive os “R$ 82 milhões que o governo do Estado até hoje não repassou para a saúde da nossa Capital”.  

 

Sobre a comemoração do aniversário da Capital, o prefeito afirmou que a festa será com a entrega do “Parque da Família, CMEIs, mais de 2 mil títulos definitivos de propriedades, dezenas de quilômetros de ruas asfaltadas em todas as regiões dos bairros mais carentes, 5 PSFs, 90 leitos de enfermaria, estação Ipiranga”.

 

Confira o vídeo:

Vídeo

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Manoel Romualdo - 22/03/2019

Tempo q vai gastar dinheiro com festa, pega esse dinheiro e dia para a Santa Casa, n custa nada, está vendo q a Santa casa atende várias pessoas do Estado inteiro, festa d 300 anos NAO Doação Santa Casa SIM

Jean - 22/03/2019

Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

2 comentários

1 de 1

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

O presidente Jair Bolsonaro deve sair do PSL?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 17/10/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,15 -1,54%

Algodão R$ 92,42 1,32%

Boi a Vista R$ 135,67 0,13%

Soja Disponível R$ 66,20 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.