Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 21/02/2020

Política de MT - A | + A

veja fotos 22.09.2019 | 07h09

Funaro chega à AL com documentos e sai sem papéis

Facebook Print google plus

Chico Ferreira

Chico Ferreira

O deputado Wilson Santos (PSDB) assegura que o doleiro Lúcio Funaro, delator da Lava Jato, não entregou nenhum documento à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Sonegação e Renúncia Fiscal. O curioso é que a testemunha chegou à Assembleia Legislativa com vários papeis debaixo do braço e saiu de mãos abanando.

 

Leia também -Funaro cita poucos nomes e não apresenta documentos à CPI

 

Funaro foi convocado pela CPI para prestar esclarecimentos, após declarar na CPI do BNDES que o empresário Fernando Mendonça era intermediador de pagamento de propina de empresários a agentes públicos para pagamentos de despesas políticas. Em troca, os empresários recebiam incentivos irregulares.

 

Chico Ferreira

LUCIO FUNARO_2

 

Mendonça é primo dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, e, segundo Funaro, Joesley “poupou” citar empresário de Mato Grosso, em sua delação premiada, para não incriminar o primo.

 

Funaro falou com a imprensa ao chegar à Casa de Leis, com os documentos. Disse que 80% do que falou no acordo de colaboração foi comprovado e asseverou que em delação “ não se fala, se prova”.

 

Ele ressaltou que não pouparia ninguém. Iria falar a verdade doa a quem doer e que a JBS não era quadrilha, mas uma “facção criminosa”. Ao sair do local, ele não quis dar entrevista, por orientação do advogado Valber Melo. Porém, já não estava com os documentos.

 

Após mais de uma hora de depoimento, Wilson Santos, único deputado que foi contra a sessão secreta, disse que a Assembleia irá requisitar a delação de Funaro junto ao Ministério Público Federal (MPF).

 

“O depoente não trouxe e não apresentou nenhum documento, mas se colocou à disposição para compartilhar a delação”, frisou Santos.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Como você aproveita os dias de Carnaval?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 21/02/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 25,10 0,20%

Algodão R$ 92,48 -0,46%

Boi a Vista R$ 133,50 0,77%

Soja Disponível R$ 68,80 0,29%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.