Publicidade

Cuiabá, Domingo 29/03/2020

Política de MT - A | + A

virada na vida pública 28.12.2019 | 15h01

Maluf deixa AL, vira conselheiro e assume comando do TCE

Facebook Print google plus

Gazeta Digital

Gazeta Digital

Gazeta Digital

Retrospectiva 2019

 

O ano começou quente no meio político de Mato Grosso com o destravamento da vaga de Humberto Bosaipo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso (TCE). Desde então, o ex-deputado estadual Guilherme Maluf iniciou uma intensa articulação para assumir o cargo.

 

A conversa foi ainda mais intensa e com mais dificuldade devido à renovação da Assembleia. Bosaipo estava afastado desde 2014 da Corte de Contas, depois que renunciou ao cargo, no mesmo ano a esposa do ex-deputado José Riva, Janete Riva, seria indicada ao cargo, mas não pode assumir depois de uma decisão do  Supremo Tribunal Federal (STF), atendendo a um pedido da Associação Nacional do Auditores dos Tribunais de Contas do Brasil. 

 

João Vieira

Guilherme Maluf

 Maluf deixou a Assembleia neste ano e assumiu presidência do TCE 

Na Assembleia sempre prevaleceu o nome de Maluf. Entretanto, de um lado o deputado Ulisses de Moraes (DC) e do outro a deputada Janaina Riva (MDB) trabalhavam por outros nomes. Ulisses defendia o juiz Eduardo Calmon e Janaina o deputado estadual Max Russi (PSB). 

 

Chegaram a ensaiar entrar na disputa os deputado Dilmar Dal Bosco (DEM) e Sebastião Rezende (PSC). No entanto, eles desistiram na reta final da disputa. 

 

Maluf teve 11 votos na primeira votação, Max ficou com 10 e o juiz recebeu dois votos. Um quarto candidato apareceu na disputa, o contador Luiz Mário, mas sem o apoio de nenhum deputado ele nem foi votado no Colégio de Líderes. 

 

O projeto de resolução foi para o plenário e o nome de Maluf foi aprovado para à vaga da AL por 13 deputados, no dia 21 de fevereiro. O nome de Guilherme Maluf foi nomeado pelo governador Mauro Mendes (DEM) em 1° de março de 2019.

 

O ex-parlamentar passou por uma ação mais tímida num primeiro momento, sem procurar holoforte e confusão com colegas da nova Casa. 

 

Maurício Barbant

Guilherme Maluf durante sabatina

 Maluf ao ser indicado para a vaga de conselheiro do TCE

No entanto, continuou suas articulações nos bastidores para conseguir ser eleito presidente da Corte de Contas. 

 

Na Assembleia, até uma Propostta de Emenda Constitucional (PEC) chegou a tramitar para impedir a eleição dos substitutos (por fim a PEC foi aprovada).

 

Em eleição que aconteceu em 5 de novembro, Maluf foi eleito presidente do TCE por unaminidade. Ele foi o único candidato. 

 

Maluf assumiu a presidência no dia 16 de dezembro de 2019 em cerimônia que contou com a presença das mais altas autoridades dos Estado. 

 

Guilherme Maluf anunciou uma gestão mais preventiva que punitiva, reforma administrativa e uma aproximação com o Poder Legislativo. 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Edição digital

Domingo, 29/03/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,30 -1,22%

Algodão R$ 95,28 -1,05%

Boi a Vista R$ 136,33 0,37%

Soja Disponível R$ 68,00 -0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.