Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 14/11/2019

Política de MT - A | + A

R$ 140 milhões 15.08.2019 | 18h44

Mendes afirma que Estado não tem como pagar parcela de empréstimo de setembro

Facebook Print google plus
Ana Flávia Corrêa

anaflavia@gazetadigital.com.br

Secom-MT

Secom-MT

O governador Mauro Mendes (DEM) assegurou que o Estado não tem condições de arcar com o pagamento de setembro da parcela do empréstimo dolarizado feito com o Bank of America, de aproximadamente R$ 140 milhões. Ele conversou com a imprensa na início da tarde desta quinta-feira (15).

 

Leia também - STF anula julgamento do líder de assaltos a bancos em MT

 

"Nós não temos dinheiro para pagar a parcela do próximo mês. Se isso acontecer vai causar um transtorno gigante nas contas públicas de Mato Grosso, porque nós não trabalhávamos com esse previsionamento", explicou.  

 

Dívida no valor de US$ 479 milhões foi contratada pelo ex-governador Silval Barbosa em 2012 para agilizar pendência de R$ 5 bilhões que o Estado tinha com a União. O ex-governador Pedro Taques (PSDB) parcelou a dívida em 20 vezes, para pagamento por 10 anos. 

 

O governo tenta empréstimo com o Banco Mundial no valor de US$ 250 milhões, contudo, uma série de obstáculos impedem as negociações. De acordo com o secretário de Estado de Fazenda (Sefaz), Rogério Gallo, esta quinta-feira (15) era o prazo final para o banco dar o aval do empréstimo.

 

A Secretaria do Tesouro Nacional (STN) questionou o fato do governo de Mato Grosso ser credor de uma dívida de R$ 700 mil do município de Pedra Preta (238 km ao sul de Cuiabá), por conta da antiga Companhia de Saneamento (Sanemat), extinta no governo Dante de Oliveira.

 

Com isso, a Lei de Responsabilidade Fiscal veda a realização de operação de crédito entre um ente da federação de refinanciamento ou postergação de dívida contraída anteriormente. 

 

"Estamos trabalhando para vencer cada obstáculo que aparece. Estamos numa sequência que vai para PGE [Procuradoria-Geral do Estado], para Casal Civil, para o Senado, para PGFM [Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional] para elaborar o contrato e podermos assinar a tempo para não pagar a parcela de setembro. Se tivermos que pagar seremos duramente penalizados nas contas de final de ano", finalizou Mendes.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Você acredita que os descontos da Black Friday são reais?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 14/11/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,10 -0,28%

Algodão R$ 94,30 -0,18%

Boi a Vista R$ 138,50 -0,60%

Soja Disponível R$ 66,50 0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.