Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 13/08/2020

Cidades - A | + A

veja onde comprar 21.06.2020 | 16h16

Confeiteiras criam ‘caixa junina’ para celebrar festa na pandemia

Facebook Print google plus

Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

O mês de junho chega com  a expectativa das tradicionais festas juninas. Canjica, pamonha, paçoca, curau e pé de moleque são algumas das delícias tão esperadas nesta época para serem reunidas. No entanto, com a pandemia do coronavírus, a celebração das quermesses precisou ser adiada, já que elas reúnem grande público.


Contudo, para não deixar a data passar em branco, confeiteiras pensaram na “caixa junina”, em que as comidas típicas são preparadas caseiramente, e organizadas dentro de uma caixa enfeitada. O listou três caixas para os cuiabanos aproveitarem a festa junina em casa:


Doce Pequi

Arquivo pessoal

caixa junina

 

A estudante de gastronomia Natalia Menezes foi a pioneira em Cuiabá na confecção da caixa junina. A jovem decidiu pela arte da cozinha, após estudar quatro semestres de Serviço Social. Em seguida, criou a ‘Doce Pequi Confeitaria’, levando o nome do mais tradicional fruto cuiabano.


Ela não foi diretamente atingida pela crise do coronavírus, mas pesquisou ideias para a ‘Doce Pequi Confeitaria’ no mês de junho. “Quando a data estava chegando, eu comecei a procurar no Youtube algumas ideias, de algo que eu poderia fazer e vi a ‘festa na caixa’. É um pouco diferente da minha, e procurei aqui em Cuiabá, não achei ninguém fazem e decidi fazer”, conta.


A caixa junina conta com arroz doce, pipoca doce com leite em pó, pipoca salgada, paçoca, pé de moleque, bolos de milho e fubá com goiabada e amendoim. O investimento é de R$ 50 e serve até duas pessoas.

 

Pedidos: (65) 99977-8161
Instagram: @docepequiconfeitaria


Instapadoca
Por sua vez, a estudante de pós-graduação na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Ana Frigeri, nunca estudou gastronomia, mas garante que a mão boa para cozinha vem de família.

Arquivo pessoal

caixa junina

 

No intuito de trabalhar com comida para complementar a renda, ela criou a Instapadoca. “Em uma das minhas pesquisas de educação financeira, acabei assistindo uma live do @mepoupenaweb que a @tabataromeroo?, que mandou essa ideia: caixa junina. E eu achei espetacular! Primeiro, porque eu amo festa junina, amo doce e infelizmente esse ano a quadrilha e o pula fogueira não vai dar”, conta.


Ela aproveitou o isolamento social para aprimorar os quitutes e experimentar novas receitas, como paçoquinha caseira, pé de moleque e amendoim doce. “Além deles, recuperei algumas receitas tradicionais da família, como o bolo de milho, é uma receita que a minha avó vazia e que só a minha mãe na família consegue fazer parecido”.

Arquivo pessoal

caixa junina


Frigeri trabalha com duas opções de caixa: uma individual com paçoquinha, pé de moleque, bolo de milho, amendoim doce, cocada e pipoca, por R$ 25. A outra, pra duas pessoas, vem paçoquinha, pé de moleque, amendoim doce, cocada, bolo de milho, pipoca, canjica, quentão e bandeirolas e custa R$ 50. A taxa de entrega é de R$ 5.


Instagram: @instapadoca


Curumim eventos
No caso de Thalita Boaventura, ela se viu afetada pela pandemia do coronavírus. Com mais de 8 anos de experiência em organização e execução de eventos, cerimonial e buffet, a empresa precisou se reinventar.


Por isso, a novidade da Curumim para o mês de junho é o box anarriê. “Já que não teremos as amadas festas juninas este ano, pensamos numa caixa com as comidas típicas dessa festa. Assim ninguém vai passar em branco, poderão lembrar das festas passadas e imaginar as futuras no conforto do lar, com a família".


O box será vendido toda às sextas-feiras do mês de junho e julho. A caixa é composta por paçoca de pilão com bananinha, pé de moleque, cocada, bolinho de pamonha, maçã do amor, milho cozido amanteigado, arroz doce, Maria Isabel e feijão com calabresa, tudo feito de forma artesanal. A Curumim ainda criou uma playlist no Spotify chamada “Arraiá Curumim” para quem quiser criar um clima mais junino ainda na hora de degustar as comidinhas.


Pedidos: 98154-4341
Instagram: @curumim_eventos

Galeria de fotos

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Toda a polêmica envolvendo a morte da adolescente é por dúvida se o tiro foi acidental?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 13/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,85 -1,00%

Algodão R$ 91,74 0,51%

Boi a Vista R$ 135,55 -0,36%

Soja Disponível R$ 69,40 -0,14%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.