Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 28/09/2020

Cidades - A | + A

Falta de UTI 10.06.2020 | 08h20

MPE apura responsabilidade de secretário de Saúde em morte de idoso

Facebook Print google plus

Divulgação

Divulgação

O Ministério Público do Estado (MPE) apura a responsabilidade pessoal do secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo, na morte de um idoso em Vila Bela da Santíssima Trindade (521 km a oeste da Capital).

 

Segundo o promotor de Justiça Samuel Telles Cosa, o boletim da Secretaria de Saúde de segunda-feira (8) informava a existência de 120 leitos de unidade de terapia intensiva (UTI), no entanto, quando paciente diagnosticado com covid-19 precisou do leito, foi informado que não havia disponível.

 

Leia também - 6 hospitais de MT estão com 100% de ocupação

 

“Registre-se que este agente ministerial também entrou em contato, por telefone, com o setor de regulação e obteve a mesma informação que fora repassada à gestora municipal. Ou seja, no sentido de que não há leitos de UTI disponíveis na rede pública, informação essa que foi reiterada até às 23h”, destacou o promotor em um trecho da ação.

 

O MPE chegou a entrar com uma ação para conseguir a UTI para o idoso, pedindo, em caráter de urgência, um leito de UTI e transporte área, sob multa diária de R$ 5 mil.

 

Apesar da decisão favorável para o pedido, o idoso acabou falecendo em Vila Bela da Santíssima Trindade. (Com informações da assessoria)

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

CARLOS ANTONIO DE ASSUMPÇÃO SILVA - 10/06/2020

É intrigante o descaso das autoridades da saúde com relação o aumento da Doença no nosso estado, cadê o a ajuda do governo Federal, como está ou será realmente aplicado este dinheiro? Será que será para beneficiar empresários, de insumo hospitalares que já Ganhavam muito dinheiro, e mais agora com estes gastos que estão sendo realizados sem LICITAÇÕES, que propicia ainda mais o processos da CORRUPÇÃO, O MINISTÉRIO PÚBLICO E O TRIBUNAL DE CONTAS TEM QUE FORMAREM UMA COMISSÃO PERMANENTE PARA AVERIGUAR ESTES GASTOS...não Sr é Secretário de Saúde, " A pergunta que não pode me Calar ? " Como seria o Atendimento se fosse seus Familiares, parentes ou Amigos , em detrimento da População miais Vulnerável, O Sr. consegue dormir de forma tranquila, a HISTÓRIA vai relatar essas mazelas que estão ocorrendo, TUDO POR CAUSA DA GANÃNCIA DO SER HUMANO " Pode-se tudo" ...

parasita - 10/06/2020

Secretário de saúde do estado incoerente. Na secretaria de saúde do estado está executando obras de reformas com grande aglomeração, das 7:00h às 19:00h. Enquanto isso está pagando de correto e fazendo live da sua residência e os servidores correndo risco na secretária e estão até impedidos de tirarem férias ou licença.

2 comentários

1 de 1

Enquete

Na sua opinião, por que tantos candidatos milionários querem entrar na política?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 28/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,55 1,30%

Algodão R$ 94,97 -0,47%

Boi a Vista R$ 137,50 0,55%

Soja Disponível R$ 66,90 -0,59%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.