Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 14/08/2020

Economia - A | + A

Renda Solidária 22.05.2020 | 10h45

Prefeito sanciona auxílio de R$ 500 para autônomos; pagamento até 6 de junho

Facebook Print google plus

Chico Ferreira

Chico Ferreira

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) sancionou a lei que garante auxílio de R$ 500 por 3 meses para os trabalhadores autônomos. O programa Renda Solidária terá a primeira parcela paga até 6 de junho.

 

Segundo Pinheiro, o planejamento é para que o pagamento seja realizado em até duas semanas. Para isso as secretarias de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Serviços Urbanos, e Mobilidade Urbana realizam uma força-tarefa para a atualização dos cadastros dos trabalhadores, além da criação de contas correntes para os que ainda não possuem.

 

Leia também - Prefeito cria verba indenizatória para servidores da saúde

 

“Nosso desejo era iniciar esse pagamento ainda em maio. Entretanto, existe ainda essa etapa administrativa de atualização de cadastro e abertura de contas a serem cumpridas. Estamos trabalhando para concluir esse processo o mais rápido possível, pois sabemos o quando essas classes necessitam dessem apoio. Paralelo a isso, continuamos trabalhando para vencer essa guerra contra a Covid-19 e devolver a esses trabalhadores a oportunidade de desenvolverem suas atividades”, esclarece o prefeito.

 

O auxílio é destinado aos trabalhadores que perderam a renda por causa das restrições comerciais durante a pandemia do novo coronavírus como ambulantes, feirantes, catadores de recicláveis, entre outros.

 

Para receber o auxílio temporário, os beneficiários de cada categoria devem comprovar o exercício da atividade mediante inscrição nos cadastros municipais, ser maior de 18 anos de idade e residir há pelo menos 3 anos na Capital.

 

Nesse programa serão investidos R$ 2,3 milhões que saem do remanejamento de outros recursos da prefeitura. Foram R$ 660 mil da suspensão das verbas indenizatórias do prefeito, vice-prefeito e secretários, além de R$ 870,5 mil dos serviços administrativos da Secretaria de Habitação e R$ 1 milhão de encargos de tarifas bancárias. (Com informações da assessoria)

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Toda a polêmica envolvendo a morte da adolescente é por dúvida se o tiro foi acidental?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 14/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,40 -0,73%

Algodão R$ 90,55 -0,65%

Boi a Vista R$ 133,05 -0,83%

Soja Disponível R$ 67,50 -0,74%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.