Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 20/09/2019

Polícia - A | + A

crime confessado 04.07.2019 | 13h26

Polícia prende homem que matou com tiro servidora pública de VG

Facebook Print google plus

Reprodução

Reprodução

Polícia Civil prendeu um dos homens acusado de assassinar a servidora de Várzea Grande, Sandra Regina de Siqueira Travaina, 48, ocorrido na madrugada de terça-feira (2), no bairro Nova Várzea Grande.

 

Segundo a polícia, André Luiz Gomes, 20, conhecido por “Neguinho”, é o autor da latrocínio. Ele foi preso em Cáceres (225 km a Oeste), na noite de quarta-feira (3).  

 

Leia também - DNA confirma que ossada é de mulher desaparecida em 2014

 

Outros dois comparsas, Jordão Rodrigues Neto, e Maikon Douglas Alves dos Santos (Sujeirinha) estão foragidos. Maikon tem 4 registros criminais por roubos e furtos. Em novembro de 2018, foi preso por arrombamento de caixa eletrônico, na cidade de Pedra Preta. Já Jordão Rodrigues Neto tem condenação por tráfico de drogas e está em liberdade com uso de tornozeleira, mas os policiais levantaram que ele desliga o aparelho no ato dos crimes cometidos.

 

Na quarta-feira, os policiais da Delegacia de Roubos e Furtos identificaram que André Luiz Gomes tinha fugido para Cáceres. A confirmação se deu com apoio do Núcleo de Inteligência de Primavera do Leste e assessoramento da Diretoria de Inteligência. Assim, os investigadores se deslocaram para Cáceres o prenderam em flagrante.  

 

Preso na Delegacia de Roubos e Furtos de Várzea Grande, durante interrogatório dos delegados Elaine Fernandes e Guilherme Bertoli, confessou que atirou na servidora, após se assustar por ela ter buzinado, ao ser abordada no veículo chegando em sua residência.  

 

No interrogatório, André afirmou que Maikon Douglas planejou e coordenou o assalto. Segundo o preso, o grupo tinha informações de que na casa da servidora tinha dinheiro e joias. Ele afirmou que a intenção era apenas roubar e somente atirou porque ela buzinou alertando o marido que estava dentro do imóvel.   

 

A Polícia Civil também apurou que o grupo sabia da rotina da família e ficou aguardando a oportunidade de enquadrar as vítimas, dentro de uma casa desocupada, que fica em frente a residência da vítima. Primeiro, eles iam abordar o marido da vítima, mas havia um motociclista na rua e não quiseram despertar atenção. Então decidiram aguardar a mulher, que naquele dia demorou muito chegar a casa.   

 

Familiares contaram que a servidora tinha o hábito de buzinar ao se aproximar de casa, como forma de avisar a todos de sua chegada. No dia do crime, por volta das 21h, ela se aproximou com o carro, e o suspeito colocou a arma no vidro ordenando que descesse do veículo, mas a motorista se assustou e buzinou alto, fazendo com que ele se assustasse e atirasse uma única vez.   Após, o trio saiu correndo a pé até um matagal.

 

André Luiz aparece em imagens usando uma camiseta vermelha e nitidamente percebe-se que ele manca, em razão de um tiro que sofreu durante uma situação em 2012.    

 

Informações para prisão dos foragidos podem ser repassadas pelo 197 da Polícia Civil. “As diligências continuam com pedido de apoio da sociedade pelo 197 para prender os foragidos”, orienta a delegada Elaine Fernandes.   A delegada titular também teceu agradecimentos aos investigadores da unidade policial, pelo empenho na identificação e prisão do suspeito “Desde a data do crime não cessaram as diligências, e, somente devido a esse comprometido foi possível obter o êxito na elucidação e prisão do autor”, afirmou.  

 

Os criminosos serão responsabilizados por latrocínio (roubo seguido de morte).

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Qual sua opinião sobre um possível racionamento de água nessa época de seca?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 20/09/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,05 -0,71%

Algodão R$ 91,67 -1,02%

Boi a Vista R$ 134,30 -0,33%

Soja Disponível R$ 66,20 0,30%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2018 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.