Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 15/11/2019

Polícia - A | + A

MOTORISTA FOI MORTO 16.10.2019 | 10h32

Prefeito alega que vendeu Hilux apreendida com cocaína na Bahia

Facebook Print google plus

Reprodução

Reprodução

Prefeito de Figueirópolis D’Oeste (406 km a Oeste de Cuiabá), Eduardo Vilela, alegou que vendeu em setembro passado a caminhonete apreendida com carregamento de 87 kg de pasta base de cocaína no Estado da Bahia no último domingo (13). Na ação da Polícia Militar, o motorista do veículo morreu durante troca de tiros.

 

As informações são de que o motorista não obedeceu a ordem de parada no município de Luís Eduardo Magalhães. Em fuga, atirou contra os policiais, que revidaram. Ele acabou morto. A identidade dele não foi divulgada.

 

Leia também - Dois policiais são presos por extorquir comerciante em VG

 

Em revista no veículo, os policiais encontraram mais de 70 tabletes de pasta base de cocaína, resultando em 83 kg da droga. Elas estavam embaladas e com adesivos do rosto do traficante internacional Joaquin Gosman, o El Chapo, preso em unidade de segurança máxima nos Estados Unidos.

 

Importante destacar que a polícia baiana não confirmou a origem da droga. Por isso, não se pode afirmar que a cocaína pertence a organização de El Chapo. Quando checaram a documentação do veículo, os policiais descobriram que pertencia ao prefeito de Eduardo Vilela. 

 

Em nota divulgada na sua página em rede social, o prefeito afirma que vendeu o carro no dia 11 de setembro de 2019 e anexou o comprovante reconhecido em cartório. “Portanto, o veículo não é mais de minha propriedade”, diz trecho da publicação.

 

Apesar da venda, não consta a transferência do veículo no documento. A reportagem entrou em contato com o prefeito, mas ele não foi localizado.

 

Veja a nota na íntegra:

 

"Venho através desta NOTA esclarecer sobre uma reportagem publicada no dia 14/10/2019 no site Fronteira Alerta sobre a apreensão de 83kg de pasta base em uma camionete Hilux Placa KAL0432 de Figueirópolis D’Oeste.

Comunico que o referido veículo apreendido citado na reportagem consta em meu nome Eduardo Flausino Vilela, porém gostaria de esclarecer que realizei a VENDA DESSE VEÍCULO no dia 11 de setembro de 2019, como é comprovado através deste recibo em anexo.

O comprovante de compra preenchido e reconhecido em cartório, portanto o veiculo não é mais de minha propriedade.

Eduardo Flausino Vilela
Prefeito Municipal de Figueirópolis D ' Oeste."

 

Galeria de fotos

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

O que é preciso para viver bem?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 15/11/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,10 0,48%

Algodão R$ 91,67 -1,02%

Boi a Vista R$ 135,80 -1,59%

Soja Disponível R$ 58,70 -2,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.