Publicidade

Cuiabá, Sábado 24/10/2020

Política de MT - A | + A

PLATAFORMA DE GOVERNO 18.10.2020 | 07h00

Conheça as propostas dos candidatos para a saúde de Cuiabá

Facebook Print google plus

Assessoria

Assessoria

A corrida eleitoral pela cadeira principal do Palácio Alencastro conta com 8 concorrentes e segue movimentando a disputa partidária em Cuiabá até o dia 15 de novembro, data em que será realizado o primeiro turno da disputa. As plataformas de governo já foram apresentadas pelos candidatos e o portal listou as principais medidas elencadas para a área da saúde.

 

Grande parcela dos candidatos apresenta programas voltados para a saúde que dão destaque à atenção básica, que tem sido uma das áreas mais movimentadas no setor durante o período de pandemia do novo coronavírus.

 

Leia também - Candidatos apresentam propostas sem detalhar origem de recursos

 

A área da saúde, assim como os demais setores abordados nos planos de governo, foi amplamente explorada por alguns candidatos, enquanto que para outra parcela o tema passou quase de forma tangenciada - tanto em número de propostas quanto em executabilidade. Entenda a seguir cada um dos programas:

 

Roberto França (Patriota)

Com sete páginas, o plano de governo de Roberto França foi o menos extenso de todos. O radialista, que foi eleito e reeleito prefeito de Cuiabá entre os anos de 1996 e 2004, conta com um histórico na política mato-grossense que o levou a ocupar desde uma das cadeiras na Câmara Municipal da Capital até ter um lugar no Parlamento, onde atuou como deputado federal.

 

No plano de França, algumas dos projetos visam o mapeamento das áreas mais desprovidas de unidades de saúde de Cuiabá assim como revitalização dos centros já existentes. Além disso, o candidato também apresentou as seguintes ações:

 

'Construir e fazer funcionar um novo Centro de Especialidades em Saúde com serviços médicos, psicológicos, terapêuticos, e outros, acoplando um setor de apoio ao diagnóstico por imagens;

 

Implantar, após reforma e adequação da estrutura física do antigo Pronto-Socorro de Cuiabá, com critérios técnico-científicos, um Hospital Municipal integrado à rede estadual;

 

Reorganizar a assistência à saúde da população cuiabana a partir da Atenção Básica, passando pela Especializada até a Hospitalar'

 

Paulo Grando (Novo)

Formado em Administração pela Universidade Federal de Mato Grosso, Paulo Henrique Grando não tem histórico na política e se filiou ao partido pelo qual irá concorrer no ano de 2015. Com experiência em grandes empresas, o candidato tem histórico como consultor em gestão.

 

O representante do Novo na disputa pelo Palácio Alencastro tem propostas para a saúde como a criação de um 'voucher' para a população de baixa renda contratar planos da rede privada, facilitar a coleta de amostras com busca em domicílio e fortalecer parcerias com instituições filantrópicas. Outras propostas do plataforma são:

 

'Criar um ambiente de negócios menos regulado e mais convidativo para a instalação e operação de planos de saúde, clínicas médicas, especialmente de baixo custo, e hospitais;

 

Realizar gestão digital de informações dos pacientes e implantar sistema integrado dentro da rede de saúde;

 

Implementar ferramenta de busca online que permite ao cidadão encontrar informações sobre os recursos disponibilizados pela rede pública de saúde na cidade, como endereços das unidades, exames e consultas disponíveis em cada uma, medicamentos e períodos de vacinação, além de trazer informações sobre os principais programas de saúde da prefeitura'

 

Gilberto Lopes (Psol)

Também formado em Administração pela Universidade Federal de Mato Grosso, Gilberto Lopes atua como servidor público na Secretaria de Estado de Saúde e está na terceira eleição representando o partido.

 

Na data da homologação de sua candidatura, o servidor apontou ao portal que sua prioridade para sua gestão seria a saúde pública. No âmbito de seu plano de governo, as ações estão focadas em eixos como ampliação, implantação e fortalecimento da rede de saúde na Capital. Veja algumas das propostas:

 

'Implantaremos: o Conselho Gestor de Saúde nos bairros, como um lugar mais próximo do cidadão para a tomada de decisão sobre a política de saúde; a Política Nacional de Humanização na rede de serviços do SUS, qualificando o acesso às ações e serviços de saúde no município; a Política Nacional de Promoção da Saúde promovendo a equidade e a melhoria das condições e dos modos de viver do povo cuiabano e os que vieram para cá; a Rede de Atenção à Saúde da Mulher buscando o atendimento integral, de referência e contra referência em todas as fases da sua vida.

 

Ampliaremos: as Academias de Saúde com profissional da Educação Física nos bairros do município promovendo saúde em conjunto com as Equipe de Atenção Primária; a Rede de Atenção Psicossocial por meio das unidades , melhorando a parceria com as Unidades Estaduais.

 

Fortaleceremos a vigilância em saúde no munícipio, melhorando a detecção e cura dos casos de hanseníase e tuberculose e ampliando a cobertura vacinal'

 

Aécio Rodrigues (PSL)

Natural de São José do Rio Preto, em São Paulo, o jovem advogado Aécio Rodrigues é o candidato mais rico entre todos os concorrentes na corrida pela Prefeitura de Cuiabá. Com patrimônio declarado de R$ 3,2 milhões, distribuídos entre carros de luxo e cabeças de gado, o peesselista apresentou um dos planos mais enxutos para a saúde da população cuiabana.

 

Dentre as propostas do candidato estão a implantação da telemedicina na Capital, assim como redução na fila de espera do SUS e impedir que as pessoas furem a fila na procura pelos serviços - sendo que estas duas últimas ações não tiveram nenhum detalhamento de como seriam efetuadas. Saiba mais programas da plataforma a seguir:

 

'Expandir a carta de ofertas no que se refere às ações e serviços de média e alta complexidade;

 

Ampliar e investir no Hospital do Câncer;

 

Criar a gestão individualizada na regulação, em que cada paciente terá o responsável da sua regulação, uma pessoal responsável total pelo seu processo, na qual será fornecido o número de celular, Whatsapp e email do servidor responsável. Ou seja, tornar a fila do Sistema de Saúde Municipal 100% transparente'

 

Julier Sebastião (PT)

O ex-juiz federal Julier Sebastião disputará a vaga para prefeito pelo Partido dos Trabalhadores pouco menos de um ano depois de filiar à sigla. Ainda em novembro de 2019, ex-magistrado já havia demonstrado interesse em concorrer na disputa deste ano.

 

Na seara das propostas, o candidato também apresentou uma plataforma pouco extensa para a saúde, com ações envolvem o setor básico, atenção ambulatorial e ampliação das redes de saúde. Confira a seguir mais detalhes sobre o conteúdo apresentado:

 

'A pauta do direito à saúde para todos e todas, estará na base do plano de governo e para isso amplas frentes de trabalho se colocam como desafios, entre elas: a priorização do sistema e dos serviços públicos de saúde com ênfase no fortalecimento da atenção básica e melhoria das ações na atenção ambulatorial e hospitalar; valorização da força de trabalho em saúde; fortalecimento do vínculo entre população usuária e equipes de trabalho com espaços de participação e controle social; expansão e fortalecimento das redes de saúde, sobretudo nos territórios onde moram e vivem as pessoas'

 

Gisela Simona (Pros)

Popularmente conhecida pelo histórico à frente da direção do Procon estadual, a advogada Gisela Simona, que também é suplente de deputada federal, disputará a cadeira da Prefeitura de Cuiabá após desistir da corrida pela vaga deixada por Selma Arruda (PODE), no Senado.

 

Em seu programa de ações, o mais extenso quando assunto é a área da saúde, a candidata elencou os três níveis da gestão como prioritários, fazendo com que tanto o primário, quanto o secundário e o terciário tenham propostas para a saúde dos cuiabanos. Veja alguns dos projetos a seguir:

 

'Criar o Programa Farmácia Popular Cuiabana com distribuição gratuita de medicamentos as pessoas em maior vulnerabilidade socioeconômica e medicamento a alto custo;

 

Concurso para profissionais da Atenção Básica, agentes comunitários de saúde, agentes de combate a endemias, médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e de saúde bucal, acabando com o atual regime de contratos precários, que é mais caro e não supre a demanda de profissionais para o atendimento à população;

 

Trazer o SAMU para Gestão Municipal, por se tratar de uma estratégia de responsabilidade do município, como ocorre em outras capitais. Cuiabá é a única capital que tem esse serviço no Estado'

 

Abílio Júnior (PODE)

Oposição declarada à atual gestão de Cuiabá, o vereador Abílio Júnior apresentou um plano de governo no qual saúde e bem-estar ocupam o primeiro eixo de propostas, com ações que variam vão desde a rede primária, passando pela saúde mental, Samu, até a saúde e bem-estar animal.

 

Investimentos pontuais e melhorias no atendimento à saúde também estão presentes no plano. Veja mais propostas a seguir:

 

'Pagamento em ordem cronológica do fornecedor;

 

Trabalhar com eficiência para com os agentes comunitários de saúde e agentes de endemias;

 

Criar um Órgão de Atenção à Saúde da Pessoa com Deficiência na Secretaria de Saúde: planejando, coordenando, e executando as políticas de atenção à Saúde, habilitação e reabilitação da Pessoa com Deficiência no Município'

 

Emanuel Pinheiro (MDB)

O atual prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro concentrou em seu plano de ações as obras já realizadas. O emedebista foi o que contou com uma plataforma com menos citações à saúde, com medidas pouco específicas sobre o tema.

 

Pontualmente, o gestor apontou a retomada das obras para implantação do Hospital da Família e a reativação de um programa de atividades físicas para diversos grupos sociais. Veja a seguir:

 

'Tão logo a pandemia seja controlada, serão retomadas as obras para implantação do HFAM.

 

Reativado os programas de atividades físicas para a prevenção da saúde e da aptidão física para os segmentos da: Terceira idade, portadores de deficiência, crianças e adolescentes e adultos nos Centros de Convivência e bairros de Cuiabá'

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Como você avalia a ausência de um candidato convidado para debater com adversários?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 23/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 61,00 2,52%

Algodão R$ 125,19 1,55%

Boi à vista R$ 242,24 0,00%

Soja Disponível R$ 161,50 0,31%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.