Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 04/12/2020

Política de MT - A | + A

balanço 10.06.2020 | 07h12

Deputados federais de MT custaram R$ 5,2 mi em 5 meses

Facebook Print google plus

Diogo Xavier/Câmara dos Deputados

Diogo Xavier/Câmara dos Deputados

Os 8 deputados federais de Mato Grosso custaram R$ 5,2 milhões aos cofres públicos de janeiro a maio de 2020, segundo dados do site da Câmara dos Deputados. Por mês cada parlamentar do estado tem direito a gastar R$ 39.428,03 em cota parlamentar e R$ 111.675,59 em verba de gabinete.

 

Quem mais gastou nos primeiros 5 meses do ano foi o único reeleito na atual legislatura. Carlos Bezerra (MDB) declarou ter usado R$ 150,4 mil em cota parlamentar e R$ 521,5 mil em verba de gabinete, totalizando R$ 671,9 mil.

 

Leia também - Projeto destina R$ 26,8 mi para ações na cultura em MT

 

Instituída em 2009, a cota parlamentar unificou a verba indenizatória e é usada para pagamento de despesas com passagens, Correios e outras despesas para o exercício do mandato. Esse valor varia de acordo com o estado de deputado federal, já que o preço das passagens para Brasília varia bastante.

 

Já a verba de gabinete é igual para todos 513 deputados e serve para o pagamento dos secretários parlamentares, funcionários que não precisam ser servidores públicos e atuam diretamente nos gabinetes.

 

O deputado de Mato Grosso mais econômico foi Nelson Barbudo (PSL), com R$ 588,5 mil, sendo R$ 125 mil de cota parlamentar e R$ 463,5 mil de verba de gabinete.

 

Dr. Leonardo (SD) gastou R$ 645,8 mil, Emanuelzinho (PTB) declarou uso de R$ 678,5 mil, José Medeiros (PODE) gastou R$ 658,8 mil, Juarez Costa (MDB) usou R$ 663,9 mil, Neri Geller (PP) R$ 643,9 mil e Rosa Neide (PT) R$ 667,4 mil.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

João Batista de Lima - 10/06/2020

Infelizmente esse alto custo é legal a nossa Constituição permite, aliás já foi feita para isso beneficiar a classe política.

Edilson - 10/06/2020

O povo que são culpados de elegeram esse povinho.

2 comentários

1 de 1

Enquete

Com o resultado da eleição, você acredita em uma Cuiabá melhor a partir de 2021

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 04/12/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 59,80 -0,33%

Algodão R$ 126,90 -0,91%

Boi à vista R$ 249,16 -1,37%

Soja Disponível R$ 153,00 -0,97%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.