Publicidade

Cuiabá, Domingo 12/07/2020

Política de MT - A | + A

Deu em A Gazeta 13.02.2020 | 07h30

Gallo e Carvalho se atritam; governador contorna

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

Atualizada às 15h18 - Os dois principais secretários do governador Mauro Mendes (DEM) entraram em rota de colisão que quase culminou na demissão de um dos dois. Trata-se de Rogério Gallo (Fazenda) e Mauro Carvalho (Casa Civil). Em nota encaminhada à redação do Gazeta Digital, a Secretaria de Comunicação nega qualquer rota de colisão entre os membros do staff. 

 

O principal motivo do desentendimento seria o modo como Gallo tem mantido a meta de austeridade, cortando os gastos do governo. Em meados de novembro passado, Carvalho passou a bater de frente, exigindo liberação de alguns recursos ligados à Comunicação.

 

Conforme A Gazeta apurou, Carvalho teria levado o assunto para o governador, reclamando da postura do chefe da equipe econômica de Mendes. Gallo manteve o seu entendimento e chegou a colocar o seu cargo à disposição de Mauro Mendes, que tratou do assunto pessoalmente para evitar a perda.

 

Fontes da Casa Civil, Secretaria de Fazenda e do gabinete do governador confirmaram à reportagem o embate dentro do núcleo duro do governo Mauro Mendes.

 

“A saída do secretário Rogério Gallo caiu como uma bomba dentro do governo. Porém, o governador conseguiu contornar a situação e parece que está tudo resolvido”, disse uma das fontes que pediu para não ser identificada.

 

Além da crise por recursos entre Mauro Carvalho e Gallo, existiria ‘ciúmes’ por parte do secretariado em relação ao secretário de Fazenda, que tem trânsito livre com Mauro Mendes. Nos bastidores, afirma-se que a saída do secretário-adjunto de Comunicação, Mauro Camargo, do governo no início deste mês, também seria resultado desta crise interna. A atuação do governador Mauro Mendes para por fim ao embate foi fundamental para que o mesmo não perdesse os seus dois principais nomes no governo.

 

Mendes conseguiu chegar ao meio termo, conseguindo liberar parte do recurso desejado pela Casa Civil. Rogério Gallo é considerado peça fundamental na gestão Mauro Mendes, tanto que acompanhou o atual chefe tanto na Prefeitura de Cuiabá, quanto no governo do Estado.

 

O assunto ecoou nos bastidores da Assembleia Legislativa e na bancada federal, já que muitos reprovam a postura de Gallo em não ceder recursos para outros secretários, principalmente os mais próximos ao governador Mauro Mendes, sob alegação de uma crise financeira e fiscal que tem sido o principal discurso no Estado desde 2016.

 

Uma outra fonte consultada por A Gazeta lembrou que o governador Mauro Mendes tem mantido com mão de ferro o controle nos gastos, mas apontou que o endurecimento da Sefaz está prejudicando o funcionamento de diversas estruturas.

“O controle é essencial para se recuperar as finanças, mas o endurecimento em demasia coloca em risco políticas públicas em áreas essenciais, tanto que o próprio governador anunciou obras nas áreas de Saúde e Educação, por causa das críticas e da repercussão negativa no interior de Mato Grosso, por falta de atuação”, disparou o auxiliar.

 

Ele lembrou ainda que a crise gerada pela cobrança do ICMS nos combustíveis também acendeu a luz de alerta do governo do Estado tamanha a cobrança recebida dos mais variados segmentos econômicos e sociais.

 

Nota do governo 

 

Em relação à matéria publicada no jornal A Gazeta nesta quinta-feira (13), com o título "Colisão fez secretário balançar", os secretários de Estado Mauro Carvalho e Rogério Gallo esclarecem que: - Os fatos narrados na matéria não condizem com a verdade. Não houve nenhuma rusga entre os dois titulares das secretarias de Estado de Fazenda e Casa Civil, tampouco pedido de exoneração. - Além disso, a publicação não divulgou o esclarecimento feito pelo Governo do Estado nesta quarta-feira (12), o que causou surpresa. Mauro Carvalho Secretário-chefe da Casa Civil Rogério Gallo Secretário de Estado de Fazenda

 

Leia mais notícias sobre Política de MT na edição do Jornal A Gazeta

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Você acredita na eficácia das barreiras sanitárias implantadas em Cuiabá?

Parcial

Edição digital

Domingo, 12/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 24,10 -0,41%

Algodão R$ 91,67 -0,12%

Boi a Vista R$ 134,80 0,60%

Soja Disponível R$ 72,35 -1,36%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.