Publicidade

Cuiabá, Sábado 14/12/2019

Política de MT - A | + A

Novo monitoramento 14.08.2019 | 11h43

Mendes promete acabar com ‘sensação de impunidade’ nos crimes ambientais

Facebook Print google plus
Thalyta Amaral e Pablo Rodrigo

redacao@gazetadigital.com.br

João Vieira/Gazeta Digital

João Vieira/Gazeta Digital

O governo do Estado anunciou o investimento de R$ 5 milhões para contratar um sistema de monitoramento pelo satélite Planet. A ideia é monitorar diariamente as ações de desmatamento ilegal em Mato Grosso e poder agir de forma mais rápida na fiscalização e também na punição dos culpados, tendo em vista que existe uma “sensação de impunidade” para esse tipo de crime, conforme admitiu o governador Mauro Mendes (DEM).

 

O sistema fornece imagens de alta resolução e será utilizado pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), Batalhão de Polícia Ambiental, Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (Seaf), Ministério Público do Estado (MPE), Comitê do Fogo, entre outras instituições.

 

Leia também - Governo avança na negociação para conseguir empréstimo

 

“Nós teremos condições de detectar em 24 horas qualquer movimento que aconteça de desmatamento que não tenha sido autorizado pelo órgão responsável. Com essa ferramenta seremos muito mais rápidos, muito mais céleres para combater todo e qualquer desmatamento ilegal”, afirmou o governador.

 

Segundo o governo, os R$ 5 milhões de investimento inicial sairão do Programa REM, iniciativa que remunera países que apresentam resultados positivos na conservação do meio ambiente, viabilizada com verbas dos governos da Alemanha e do Reino Unido.

 

Mendes enfatizou que a punição será feita. “Fica muito claro que todo e qualquer crime dessa natureza será detectado e punido. As penas são duras, as multas são relativamente muito altas e as responsabilizações poderão trazer transtornos indesejados. Vamos acabar com a certeza da impunidade”.

 

Segundo levantamento da ONG Instituto Centro de Vida (ICV), em 2018, Mato Grosso perdeu com desmatamento uma área que quase equivale à extensão territorial de Cuiabá. O estado ficou em segundo lugar no país no ranking do desmatamento, com 174 mil hectares derrubados.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

Enquete

Qual sua opinião sobre a propaganda partidária em rádio e TV?

Parcial

Edição digital

Sábado, 14/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,00 2,27%

Algodão R$ 91,02 0,37%

Boi a Vista R$ 135,50 1,12%

Soja Disponível R$ 67,65 -0,51%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.