Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 13/08/2020

Cidades - A | + A

prejuízo de 30% 21.06.2020 | 11h13

Com mais 9 mil kg de tomate estocados, agricultor irá perder produção

Facebook Print google plus

Reprodução

Reprodução

A agricultura familiar também foi diretamente atingida pela pandemia do coronavírus. Um exemplo é Manoel Morelo de Melo, que cultiva tomates e corre o risco de perder sua safra, de mais de 9 mil quilos da fruta. Ele fornecia para as escolas de Água Boa (730 km a leste da Capital), que estão fechadas temporariamente, o que causou um acúmulo do produto e, consequentemente, um enorme prejuízo.


Natural do Rio Grande do Sul, Manoel veio para Mato Grosso em 2007. Ele planta tomates há 30 anos, especialmente do tipo “saladete”, conhecido como tomate italiano. Para a safra desse ano, ele investiu R$ 600 na compra de 100 sementes. O agricultor pontua que o custo da plantação de tomate é alto. “Dependendo da variedade, temos que investir em adubo, insumo, defensivo. Tudo é caro, temos um preço bem elevado de produção de tomate”.

 

Leia também - Rondonópolis proíbe venda de bebida alcoólica por 30 dias


Para a colheita, é necessário um período de 5 meses, desde o momento de plantar a semente, fazer a muda e depois recolher o fruto. “Eu plantei na estufa e saindo do período de chuva, em campo aberto, 2 mil plantas. Uma parte começa a nascer em 20 dias. Eu planto em torno de 450 caixas de 20 quilos, dando em torno de mil plantas”, explica sobre a produção.

 

Reprodução

seu manoel

 

O agricultor tinha um contrato com a merenda escolar, tanto das escolas municipais como estaduais. Contudo, as unidades de ensino estão temporariamente fechadas para conter o avanço da covid-19.


Além disso, ele também vendia os tomates para as feiras de Água Boa, que também tiveram as atividades suspensas. Dos 200 quilos que vendia nos fins de semana, hoje consegue vender 50 quilos. “Mesmo quando voltou, a feira voltou muito fraca, perdemos muito clientes e esta dificultando bastante”.


De acordo com o produtor, até o momento ele conseguiu vender 40% da primeira leva de produtos. Fora o desperdício de comida, o agricultor calcula que terá um prejuízo de 30%, pois os tomates maduros não são aceitos pelos mercados.


Com a dificuldade de vendas e uma plantação prestes a madurar, Manuel ainda aponta a negligência das autoridades com o agricultor familiar. “É uma questão de interesse das autoridades em tomar alguma providencia, para que não haja esse prejuízo. Agricultura familiar é difícil, hoje não temos a opção da merenda escolar, estamos sem opção, e na verdade, já estava plantado”, comenta. A safra atual que ele tenta vender foi cultivada antes do início da pandemia.


Se algum atacadista ou consumidor desejar comprar a produção do seu Manoel, o contato pode ser feito diretamente com ele pelo telefone (66) 9 9714-4153.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

dilma - 21/06/2020

Sr. Manoel, entre em contato com : #adoteumempreendedor e forneça seus produtos, tenho certeza que irá conseguir, há tantos clientes que necessitam do seu produto, NÃO ESMOREÇA.....LUTE!

1 comentários

1 de 1

Enquete

Toda a polêmica envolvendo a morte da adolescente é por dúvida se o tiro foi acidental?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 13/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,22 0,52%

Algodão R$ 90,16 -0,64%

Boi a Vista R$ 136,50 1,24%

Soja Disponível R$ 64,20 0,78%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.