Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 21/10/2019

Cidades - A | + A

Alerta 09.10.2019 | 09h56

Garimpo ilegal causa surto de malária em Aripuanã

Facebook Print google plus

Ciopaer

Ciopaer

O garimpo irregular em Aripuanã (1.002 km a noroeste) pode ter causado o surto de malária na região, com aumento de 195,5% dos casos de 2018 para 2019. A suspeita dessa ligação entre a doença e a extração ilegal do minério é da Secretaria de Estado de Saúde (SES).

 

Dados da SES mostram que de janeiro a 8 de outubro de 2018, o município teve o registro de 180 casos. No mesmo período em 2019 foram 532 pessoas infectadas, o que representa 35% dos casos notificados em Mato Grosso nesse ano.

 

Em nota, a Secretaria afirmou que "esse aumento está provavelmente relacionado ao surgimento de garimpo na região, o que ocasionou um surto da doença".

 

Leia também - Prefeito de Aripuanã pede que PF devolva materiais a garimpeiros

 

A malária é uma doença infecciosa transmitida pelo mosquito contaminado e, consequentemente, não é contagiosa. No país, a maioria dos casos ocorre na região Amazônica.

 

Entre os sintomas da malária estão febre alta, calafrios, tremores, suor intenso e dor de cabeça. Se não for tratada, a doença pode levar à morte.

 

No caso de Aripuanã, o governo informou que desde junho a região está sob supervisão, com treinamento de profissionais e acompanhamento dos casos.

 

Garimpo
Na segunda-feira (7) a Polícia Federal deflagrou uma operação contra o garimpo clandestino na zona rural de Aripuanã. As investigações sobre o ouro extraído ilegalmente começaram em junho, quando foi apreendido um avião com 6 quilos de ouro.

 

As investigações mostraram que na região do garimpo circulavam mais de duas mil pessoas. Além do impacto ambiental, a exploração ilegal trouxe outros problemas para o município, como o aumento nos homicídios.

 

Apesar disso, o prefeito Jonas Canarinho (PR) recorreu ao governo Federal para que as máquinas dos garimpeiros não fossem destruídas e que a extração fosse legalizada, para continuar gerando renda para o município.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Qual sua opinião sobre a educação domiciliar?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 21/10/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,30 0,95%

Algodão R$ 117,24 -0,22%

Boi a Vista R$ 131,27 0,07%

Soja Disponível R$ 70,70 -0,24%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.