Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 26/02/2020

Judiciário - A | + A

Julgamento em Vila Rica 07.08.2019 | 08h55

Caseiro é condenado a 48 anos de prisão por morte de procuradores

Facebook Print google plus

TJMT

TJMT

José Bonfim Alves de Santana, réu confesso da morte dos procuradores Saint’Clair Martins Souto e Saint’Clair Diniz Martins Souto em 2006 foi condenado a 47 anos e 3 meses de prisão, mais 1 ano e 6 meses de detenção e 40 dias de multa, em uma pena total de 48 anos, 10 meses e 10 dias. O julgamento ocorreu na terça-feira (06), em Vila Rica (1.259 km a Nordeste de Cuiabá).

 

A previsão inicial era de que o julgamento durasse 3 dias, porém, o réu permaneceu em silêncio perante o júri e o caso foi julgado em apenas um dia, com término por volta das 23h30. Foi montado um esquema reforçado de segurança por causa da repercussão do caso.

 

Leia também - Réu confesso de matar procuradores fica em silêncio no júri

 

O júri reconheceu que José praticou o crime "mediante recurso que dificultou a defesa da vítima (...), mediante motivo torpe" e que o assassinato de pai e filho "foi cometido para assegurar vantagem de outro crime".

 

José foi condenado por homicídio, ocultação de cadáver, fraude processual e posse irregular de arma de fogo.

 

Segundo o Ministério público do Estado (MPE), o réu era caseiro da fazenda das vítimas e cometeu os homicídios porque pai e filho descobriram que ele roubava gado da propriedade e iriam denunciá-lo. José foi preso dias depois e acabou confessando o crime.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Número de delações premiadas significa que MT está sendo passado a limpo?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 24/02/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,20 0,50%

Algodão R$ 92,20 -0,51%

Boi a Vista R$ 135,88 -0,01%

Soja Disponível R$ 70,50 -1,26%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.