Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 01/12/2020

Política de MT - A | + A

ex-deputado condenado 20.10.2020 | 11h43

A pedido, Mendes exonera Pedro Henry do cargo de médico

Facebook Print google plus
Fernando Soares, especial para o GD

redacao@gazetadigital.com.br

Foto: Luiz Cruvinel/Câmara dos Deputados

Foto: Luiz Cruvinel/Câmara dos Deputados

Com um currículo extenso na política e recheado de polêmicas, o ex-deputado federal Pedro Henry foi exonerado da Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec), onde exercia a função de médico legista. A exoneração feita pelo governador Mauro Mendes (DEM) ocorreu na sexta-feira (16) atendendo ao pedido do próprio servidor.

 

Leia também - Debate é marcado por civilidade e críticas à ausência de candidato

 

Henry foi condenado em dezembro de 2012 pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro a 7 anos e 2 meses de prisão. Uma multa de cerca de R$ 930 mil foi estipulada.

 

A Justiça permitiu que ele pagasse o valor em 24 parcelas, porém apenas uma foi quitada. O ex-deputado ficou preso em 2013, no presídio da Papuda e foi colocado em liberdade condicional no ano seguinte.

 

Na época em que era deputado federal, Pedro foi acusado e condenado em diversos crimes, entre eles corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo do Mensalão em meados de 2014.

 

Em sua carreira política, Pedro Henry já foi vice-prefeito de Cáceres (225 km a oeste de Cuiabá),  presidente da Companhia de Saneamento do Estado de Mato Grosso (Sanemat), além de ter sido secretário de Saúde na gestão do ex-governador Silval Barbosa (sem partido).

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Com o resultado da eleição, você acredita em uma Cuiabá melhor a partir de 2021

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 01/12/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 61,00 -0,81%

Algodão R$ 127,44 0,81%

Boi à vista R$ 254,60 0,64%

Soja Disponível R$ 154,00 -3,75%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.