Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 22/01/2020

Política de MT - A | + A

direção financeira 02.10.2019 | 11h30

Aprovação da LDO com superavit não garante RGA para 2020

Facebook Print google plus

Fablicio Rodrigues/AL-MT

Fablicio Rodrigues/AL-MT

Deputados estaduais aprovaram em primeira votação a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2020, que prevê um superávit de R$ 122 milhões.

 

Das 113 emendas, 61 tiveram foram incluídas no favorável da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR). As receitas estão estimadas em R$ 20,328 bilhões e despesas em R$ 20,207 bilhões.

 

Leia também - Senadores de Mato Grosso aprovam reforma da Previdência

 

“Houve alguns destaques, nós respeitamos, colocamos em discussão e votação. Foi aprovado o parecer como veio da Comissão. Agora vamos para a segunda votação e é possível ainda inserir emendas desde que tenha mais de oito assinaturas”, disse o deputado Eduardo Botelho (DEM), presidente da Assembleia Legislativa.

 

Botelho adiantou que espera a análise da Comissão de Fiscalização e Acompanhamento da Execução Orçamentária para concluir a segunda votação, prevista para a próxima terça-feira (8). “Somente depois de aprovada a LDO, é que vamos dar início à tramitação da Lei Orçamentária Anual (LOA)”, disse.

 

“O plenário não aceitou nenhuma emenda que foi colocada em destaque. E agora, para a segunda votação, só pode entrar emenda que tenha pelo menos oito assinaturas. Do contrário, não serão sequer analisadas, serão rejeitadas de pronto”, acrescentou o presidente.

 

Sobre a questão específica da Revisão Geral Anual (RGA), o presidente argumentou que o Supremo Tribunal Federal (STF) já deliberou sobre a matéria. “Acabou a obrigatoriedade da RGA, mas a situação tem de ser debatida por cada estado, em cima das condições financeiras. Aqui nós estamos trabalhando para garantir condições de pagar num futuro próximo”, ponderou. 

 

Durante a sessão, 20 deputados estavam presente. Elizeu Nascimento (DC), Delegado Claudinei (PSL), Ulysses Moraes (DC) e Ondanir Bortolini, o Nininho (PSD), estavam cumprindo agenda em Brasília. (Com informações da assessoria)

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

kono - 02/10/2019

E o que ficou em atraso Srs deputados como fica?

kono - 02/10/2019

E os atrasados ninguém fala mais, que foi desobrigado de pagar pelo STF todo mundo sabe, mas os que ficaram para trás o STF pronunciou alguma coisa?

2 comentários

1 de 1

Enquete

Os preços dos combustíveis vão se estabilizar este ano?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 22/01/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 26,10 0,77%

Algodão R$ 90,55 0,57%

Boi a Vista R$ 135,45 0,39%

Soja Disponível R$ 66,10 -0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.