Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 14/07/2020

Política de MT - A | + A

em rota de colisão 29.06.2020 | 17h40

Botelho volta a criticar concentração de poder nas mãos de Gallo

Facebook Print google plus

Angelo Varela/ALMT

Angelo Varela/ALMT

Durante a análise do veto que beneficiava pequenos comerciantes que possuem empréstimos com a Desenvolve MT, Agência de Fomento do governo do Estado, o presidente da Assembleia Leigislativa, Eduardo Botelho (DEM), voltou a criticar a concentração de poder nas mãos do secretário de Estado de Fazenda, Rogério Gallo.

 

Na semana passada, Botelho já havia feito críticas ao secretário por conta da não pagamento do auxílio emergencial aos professores que seriam contratados pelo Estado e que ficaram sem emprego. 

 

O artigo vetado pelo governador Mauro Mendes (DEM) prevê que os financiamentos feitos pela agência serão fixados pelo Conselho Estadual de Desenvolvimento Empresarial de Mato Grosso (Cedem). 

 

"Tudo vai para as mãos do secretário de finanças e ele quer o poder concentrado nas mãos dele. Quando vem um projeto assim ele quer reprovar, essa que é a verdade. Tem hora que isso irrita a gente, mas é isso que está acontecendo e nós aqui temos que tomas as nossas medidas. Não tem sentido, isso aqui é para criar condições da MT Desenvolve atender aos pequenos que vão ficar sem condições de trabalhar", disse irritado o presidente da Assembleia. 

 

Leia também - Emanuel prorroga toque de recolher em Cuiabá por mais dois dias

 

O deputado Carlos Avalone (PSDB), ligado ao setor produtivo de Mato Grosso, disse que o projeto em questão foi amplamente discutido com a agência e que não teria razão para o veto do governador Mauro Mendes. "É um projeto que vai dar acesso as pequenas empresas de conseguirem financiamento. Me estranha muito esse veto do governo do Estado, isso foi amplamente discutido", disse o tucano.

 

De oposição ao governo, o deputado Lúdio Cabral (PT) aproveitou a confusão com o veto do governador para dizer que a gestão do Estado está perdida no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus. 

 

Na votação, o líder do governo, deputado Dilmar Dal Bosco (DEM), liberou a base governista na Assembleia a votar em favor da derrubada do veto de Mauro. Com 7 votos a 11, o governo perdeu e o veto foi derrubado. 

 

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Você acredita na eficácia das barreiras sanitárias implantadas em Cuiabá?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 14/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,20 1,11%

Algodão R$ 93,81 -0,99%

Boi a Vista R$ 136,33 0,24%

Soja Disponível R$ 64,40 -0,16%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.