Publicidade

Cuiabá, Sábado 14/12/2019

Política de MT - A | + A

Mais poder 31.01.2019 | 08h48

Composição da Mesa Diretora provoca desgastes entre deputados

Facebook Print google plus
Noelma Oliveira

noelma@gazetadigital.com.br

Otmar de Oliveira

Otmar de Oliveira

Apesar de definida a reeleição do presidente da Assembleia Legislativa (ALMT), Eduardo Botelho (DEM), e da primeira-secretaria para o deputado Max  Russi (PSB) - principais cargos da Mesa Diretora - as articulações à composição dos demais membros têm provocado muita discussão nos bastidores e inevitável desgastes entre os parlamentares. 

 

Leia também - Aumento nos repasses aos poderes de Mato Grosso saiu da reserva de emergência

 

A eleição para a nova Mesa será realizada após posse dos 24 deputados, marcada às 9h desta sexta-feira (1), na Assembleia Legislativa. O voto é secreto e nominal. Botelho, que começou a se articular antes mesmo do pleito de outubro passado, tem assegurado a maioria dos votos dos parlamentares da 19ª legislatura. Porém, não deve ser eleito por unanimidade. Mesmo praticamente definida a chapa única.  

 

Além das conversas reservadas entre deputados, Botelho realizou outras dezenas de reuniões em grupos para convencer os colegas a continuar à frente do Legislativo, que terá um orçamento de R$ 535 milhões em 2019. 

 

A chapa é formada por 7 deputados (presidente, 1º vice-presidente, 2º vice-presidente, 1º secretário, 2º secretário, 3º secretário e 4º secretário). O democrata tem procurado compor com deputados eleitos pela primeira vez e, justamente, nesta  composição, tem esbarrado em interesses de dois novatos. 

 

Ex-vereadores por Cuiabá, Elizeu Nascimento (DC) e Paulo Araújo (PP) estão disputando diretamente a segunda vice-presidência. A primeira vice-presidência deve ficar com a deputada Janaina Riva (MDB).

 

Devido à disputa para definir a composição dos cargos ainda pendentes, a parlamentar divulgou nota para esclarecer o seu posicionamento e o que motivou não optar por uma chapa só de novatos.

 

Leia a íntegra do esclarecimento:  

 

O primeiro ponto é que eu não trabalho com veto ou exclusão de pessoas por conta do número de mandatos que elas têm ou por pertencer a um partido A ou B. Fui excluída por um governo ao longo dos últimos 4 anos e sei o quanto poderia ter contribuído ainda mais com o meu estado, se tivesse tido essa oportunidade.

 

O segundo ponto é que não julgo os meus colegas de trabalho pelo partido que fazem parte. O fato de um pertencer ao PT e outro ao PSL, não significa que um tem mais caráter que o outro, ao contrário, significa apenas que possuem ideias diferentes.  Eu sempre acreditei numa mesa diretora mista, composta por múltiplos partidos, por pessoas com bandeiras diferentes, assim como Mato Grosso é composto por diferentes realidades. 

 

Por último, vale reforçar que quem deseja mudança tem que fazer parte do processo. Isso vale para candidaturas a cargos eletivos, para mesa diretora e para vida: ficar gritando atrás do balcão nunca levou ninguém a nada. A mudança que eu quero ver no mundo e na política, começa por mim, por cada um de nós".

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Os políticos estão interessados na crise climática mundial?

Parcial

Edição digital

Sábado, 14/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 18,60 0,00%

Algodão R$ 90,55 0,52%

Boi a Vista R$ 131,00 0,00%

Soja Disponível R$ 67,00 -2,47%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.