Publicidade

Cuiabá, Sábado 29/02/2020

Política de MT - A | + A

programa de baixa renda 11.02.2020 | 18h07

Mauro tenta desvincular Pró-Família da gestão Taques e pede para AL mudar para Ser Família

Facebook Print google plus

José Medeiros | Gcom-MT

José Medeiros | Gcom-MT

O governador Mauro Mendes (DEM) enviou uma mensagem à Assembleia Legislativa pedindo a troca do nome do programa Pró-família para Ser Família. Com isso, o chefe do Executivo deve apagar a vinculação do programa de transferência de renda do Estado da gestão Pedro Taques (PSDB). O governo pretende excluir do programa famílias que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC).  

 

Nada muda no programa de Mauro, as famílias beneficiadas continuam recebendo R$ 100 por mês. O mesmo valor será pago aos agentes de saúde e agentes de endemia. Já os psicólogos, pedagogos e assistentes sociais que ajudam no programa em cada município deve receber o valor de R$ 300 por mês, mesma quantia paga pelo programa atualmente. Porém, por conta da crise econômica o Estado poderá reduzir o valor. 

 

As famílias beneficiadas vão ficar no programa por dois ano, período que pode ser prorrogado por mais um ano. 

 

Leia também - Taques se arma contra Zaque e outros do MP

 

Durante esse período, as famílias precisam participar dos cursos profissionalizantes que serão oferecidos pelo Estado. Após conseguirem sair da vulnerabilidade, os beneficiários deixam o programa social do governo. 

 

"O governo do Estado não pode negar os benefícios advindos do programa de combate à erradicação da pobreza, uma vez que este representa muitas vezes a única fonte de renda de uma família. No entanto, cabe-nos não só dar continuidade aos programas sociais que apresentam bons resultados, mas modificá-los a fim de que os frutos possam ser elevados", justificou o governador ao propor mudanças, que segundo ele, levam em conta a crise financeira do Estado. 

 

Outro ponto de destaque na justificativa é quanto a nomenclatura. Segundo o governo, o nome SER representa Superação, Esperança e Respeito. 

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Número de delações premiadas significa que MT está sendo passado a limpo?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 28/02/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 24,40 0,21%

Algodão R$ 95,28 -1,05%

Boi a Vista R$ 132,50 0,00%

Soja Disponível R$ 60,25 0,08%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.