Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 26/10/2020

Política de MT - A | + A

Voto em novembro 03.07.2020 | 07h33

Potenciais candidatos, Emanuelzinho e Juarez apoiam adiamento das eleições

Facebook Print google plus

José Cruz/ABr

José Cruz/ABr

Aprovado pelo Senado, o adiamento das eleições municipais para novembro tem apoio dentro da Bancada Federal de Mato Grosso, isso porque dois deputados federais são potenciais candidatos no pleito. Juarez Costa (MDB) é cotado para a Prefeitura de Sinop (500 km ao norte da Capital) e Emanuelzinho (PTB) para a de Várzea Grande, com direito a apoio da família Campos.

 

Emanuelzinho destacou a vida das pessoas é o mais importante e que o esforço deveria ser ainda maior. "A primeira preocupação hoje é com a vida das pessoas, o meu posicionamento foi de que houvesse o adiamento e a prorrogação do mandato para 2022, entendendo que o Brasil tem registrado mais de 1 mil casos por dia, já são 60 mil mortes, com alguns estados como Mato Grosso já entrando em colapso, não entendia a eleição neste cenário como algo frutífero".

 

Leia também - Abílio pede oração por avô e tio que estão na UTI com coronavírus

 

Segundo ele, o adiamento de outubro para novembro garante mais um mês para tentar amenizar a situação da pandemia nos estados e municípios. "Já que tanto o Senado quanto a Câmara entenderam neste sentido, eu votei a favor do texto-base para o adiamento das eleições para novembro. É um mês que a gente ganha para tentar amenizar o drama do alto índice de contaminados e o colapso da rede pública e particular de saúde. A prorrogação é um tempo que a gente ganha para tentar amenizar esse impacto na vida das pessoas e fazer uma eleição segura, mas continuo pensando que não é hora de pensar em eleição".

 

Já o deputado Juarez disse que os deputados respeitaram a vida com o adiamento e ouviram a ciência. "Em primeiro lugar, respeito a vida. Estamos atendendo com essa pec também, a ciência e fortalecendo a nossa jovem democracia. Quarenta e cinco dias a mais representam a segurança que todos nós precisamos". 

 

As eleições estavam marcadas para acontecer no dia 4 e 25 de outubro, agora passarão para 15 e 29 de novembro. Neste ano, o eleitor de Mato Grosso vai votar para vereador, prefeito e também vai escolher o senador que ficará definitivamente na vaga de Selma Arruda (PODE), que foi cassada. Atualmente, de forma provisória ocupa a vaga o senador Carlos Fávaro (PSD), mas seu mandato é tampão até a realização de uma nova eleição. 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Com abertura do comércio, bares, igrejas e retomada de festas, você já retomou à rotina?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 26/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 61,00 2,52%

Algodão R$ 125,19 1,55%

Boi à vista R$ 242,24 0,00%

Soja Disponível R$ 161,50 0,31%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.