Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 09/04/2020

Política de MT - A | + A

hospital veterinário 17.02.2020 | 09h52

Prefeitura suspende lançamento de obra após confusão com 'proprietário'

Facebook Print google plus
Thalyta Amaral e Jessica Bachega

redacao@gazetadigital.com.br

João Vieira

João Vieira

A prefeitura de Cuiabá suspendeu o lançamento das obras do Hospital Veterinário Municipal, na manhã desta segunda-feira (17), após o aparecimento de um suposto proprietário da área, que acusou o Executivo de construir em área particular. O terreno em questão fica às margens da rodovia Palmiro Paes de Barros, próximo ao cemitério Parque Bom Jesus.

 

Com a escritura do terreno em mãos, o empresário Luiz Alberto Gebrim fez acusações à Prefeitura. "Quando a Prefeitura estava fazendo esse aterro, fui atrás do secretário de obras e pedi para parar as obras. Não tive resposta. Estou entrando com um mandado de segurança para embargar tanto a obra quanto a posse".

 

Leia também - Estado não tinha controle de estoque de remédio usado como 'bomba'

 

Gebrim alega que pagou R$ 1 milhão pela área em 2010 e que desde então tem planejado construir um residencial no local, além de transferir a sede da sua loja de materiais para construção para a região.

 

Do outro lado da briga está a Prefeitura, que afirma que o terreno é uma área verde remanescente do loteamento Parque Cuiabá.

 

"Aqui é uma área da Prefeitura, a pessoa pagar IPTU não quer dizer q a área é dela. Aqui é uma área da Prefeitura, não vamos permitir que roubem a área pública de Cuiabá", afirma o secretário municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Juares Silveira Samaniego.

 

A suspensão do começo das obras, segundo o secretário, foi para evitar mais confusão. “Para não ter atrito nenhum, vamos alterar a data do lançamento do hospital veterinário, vamos encaminhar documentação à justiça e pedir uma liminar de autenticidade da área”.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

A cloroquina está liberada para o tratamento dos pacientes do coronavírus no Brasil, mas a polêmica continua

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 08/04/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 23,50 -0,84%

Algodão R$ 92,76 0,14%

Boi a Vista R$ 137,25 -0,54%

Soja Disponível R$ 70,00 -1,41%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.