Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 12/12/2019

Judiciário - A | + A

SEGREDO DOS INVESTIDORES 03.11.2019 | 07h11

Investigado por corrupção dá curso sobre finanças pessoais

Facebook Print google plus

Investigado nas Operações Bônus e Bereré, o empresário Valter José Kobori anuncia cursos de finanças nas redes sociais. Acusado de compor esquema que desviou recursos do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), o réu ministrará masterclass “O segredo dos Grandes investidores”, no início de novembro.

 

Leia também - Delator de esquema de propina, empresário se torna coach

 

Divulgação

jose kobori

 

“Eu vou te ensinar o exato processo de análise utilizada pelos maiores investidores do mundo, que vai te ajudar a atingir sua independência financeira nos próximos anos, sem ficar se expondo a 'oportunidades milagrosas' que vão colocar todo o seu dinheiro em risco”, promete o instrutor.

 

Os anúncios dos cursos são bombardeados em todas as redes sociais, prometendo os segredos do sucesso.

 

Descrito como um dos maiores nomes das finanças no Brasil, Kobori tem um pedido de liberdade em tramitação no Supremo Tribunal Federal (STF). Ele espera a data do julgamento e já está cumprindo medidas cautelares. O recurso entrou em sessão virtual, mas a defesa do empresário pediu que fosse presencial.

 

Segundo o Ministério Público Estadual (MPE), Kobori foi contratado pela empresa EIG Mercador para intermediar o recebimento de propina que era paga pela prestadora de serviços ao ex-chefe da Casa Civil, Paulo Taques e os demais envolvidos no esquema.

 

A EIG matinha contrato com o Detran e pagava propina aos membros do esquema para que mantivessem o convênio. A principio, a vantagem era paga por meio de repasses à empresa de fachada Santos Treinamentos, porém, depois que Kobori foi contratado, os valores passaram a ser encaminhados aos membros do esquema por meio falsos “bônus” pela consultoria do investigado. A denúncia aponta que o consultor recebeu mais de R$ 6 milhões pelos serviços.

 

Kobori ficou preso entre 9 de maio e 27 de julho, por conta do suposto envolvimento no esquema de desviou R$ 30 milhões do Detran. O réu sempre negou qualquer ligação com os fatos investigados.

 

Operação Bereré
A Bereré desarticulou suposta organização responsável por cobrar propina em troca da manutenção no Departamento Estadual de Trânsito (Detran) do contrato de concessão e execução das atividades de registros dos contratos de financiamentos de veículos com cláusula de alienação fiduciária, de arrendamento mercantil e de compra e venda com reserva de domínio ou de penhor.

Na ocasião, para obter êxito, a empresa supostamente favorecida se comprometeu a repassar parte dos valores recebidos com os contratos para pagamento de campanhas eleitorais. Estima-se que foram pagos cerca de R$ 30 milhões em propina.

 

No total, o MPE denunciou 58 pessoas acusadas de participação no esquema de fraude, desvio e lavagem de dinheiro operado no Detran. Entre elas estão 7 deputados estaduais e ainda o ex-governador Silval Barbosa, o ex-deputado federal, Pedro Henry e o ex-presidente do Detran, Teodoro Moreira Lopes.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Paulo - 04/11/2019

Kkkkkkk e tem otario que ainda paga .

João Batista de Lima - 03/11/2019

No início do ano com a manifestação dos servidores públicos estaduais contra as medidas que o governo do estado estava fazendo em um projeto de lei que tramitou na AL e que o ex secretario de fazenda Eder Moraes falou e deu sua opinião em uma audiência pública não se pode duvidar demais nada e porque o Kobori não pode ministrar um curso? não estou defendendo e nem acusando ninguém, porque o impedimento? se todos os cidadãos em conflito com a lei tem o direito de ressocialização.

2 comentários

1 de 1

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

Enquete

Sobre projeto de lei que prevê prisão para quem deixar de vacinar criança ou adolescente

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 12/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,95 0,96%

Algodão R$ 94,88 0,56%

Boi a Vista R$ 129,34 0,00%

Soja Disponível R$ 64,00 -0,16%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.