Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 06/08/2020

Judiciário - A | + A

conta da mãe 06.05.2020 | 12h01

Juiz penhora fazenda de Janaina para pagar dívida de R$ 1,3mi

Facebook Print google plus

Jardel Silva

Jardel Silva

O juiz da 4ª Vara Cível de Direito Bancário de Cuiabá, Paulo de Toledo Ribeiro Junior, determinou a penhora de uma fazenda da deputada Janaína Riva (MDB) para pagamento de dívida contraída pela mãe da parlamentar, Janete Riva, junto ao Banco do Brasil. A decisão foi publicada na terça-feira (5) e ação tramita desde 2017. A propriedade rural citada para liquidação da dívida fica em Colniza (1.065 km a Noroeste de Cuiabá).

 
Leia também - Polêmica sobre hotel de Arcanjo nos EUA envolve juiz de MT


Segundo informações, o financiamento de R$ 1,14 milhão foi feito em 2015 para compra de maquinários agrícolas para a fazenda Paineiras, localizada em Juína (735 km a Noroeste). A dívida não foi paga e em 2017 o Banco do Brasil acionou a Justiça para receber o dinheiro. Corrigido o valor chega a R$ 1,35 milhão.


Também figuram como executados na ação o ex-deputado José Riva, os irmãos da deputada, Jessica Riva e Riva Junior, a empresária Loureana Barbosa Nunes Rocha Riva, a própria Janete Riva e o ex-marido de Janaina, ex-vereador João Emanuel Moreira.


“Defiro o pedido do exequente, constante da petição de Id 31389691. E para tanto, proceda-se a penhora por termo nos autos, na forma descrita no § 1º do art. 845 do Código de Processo Civil, do imóvel rural de propriedade dos executados, matriculado sob nº 2.049, folha 01, junto ao Cartório do 1º Ofício de Colniza/MT”, diz trecho da decisão assinada no dia 30 de abril e publicada em 5 de maio.


Além de determinar a penhora, o juiz também determinou que fosse expedida carta precatória para avaliação da área.


Outro lado
A assessoria da deputada foi procurada e encaminhou a seguinte nota:


"Com relação à notícia veiculada de que Justiça determinou a penhora de uma fazenda pertencente à deputada estadual Janaina Riva (MDB) para pagar uma dívida contraída pela mãe dela, a ex-secretária de Estado de Cultura, Janete Riva, no valor de R$ 1,35 milhão com o Banco do Brasil, a parlamentar vem a público esclarecer:


1 - o crédito cobrado judicialmente é oriundo de financiamento e atividades privadas, sem qualquer vinculação a função pública parlamentar da deputada estadual Janaina Riva. São atividades econômicas da família da parlamentar, das quais a mesma não exerce como jamais exerceu qualquer gestão ou vinculação direta.


2 - ressalta-se que o bem imóvel penhorado foi previamente oferecido em garantia ao financiamento, justamente para assegurar a discussão judicial pertinente ao caso e a solução do litígio.


3 - esclarece por fim que estão em curso as ações para a liquidação da dívida e extinção do processo".

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Após a reabertura dos shoppings, você voltou a frequentar como antes da pandemia?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 06/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 22,00 0,92%

Algodão R$ 93,47 0,15%

Boi a Vista R$ 136,67 -0,02%

Soja Disponível R$ 67,90 -0,88%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.