Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 02/12/2020

Judiciário - A | + A

inquérito civil 15.04.2020 | 21h00

MP apura supostos ilícitos na gestão do Hospital do Câncer

Facebook Print google plus
Eduarda Fernandes

eduarda@gazetadigital.com.br

João Vieira

João Vieira

O Ministério Público Estadual, por meio do promotor de Justiça Marcelo Caetano Vacchiano, instaurou um inquérito civil para investigar supostos atos ilícitos praticados na gestão do Hospital de Câncer de Mato Grosso. O documento foi assinado na segunda-feira (13).

 

Consta na condição de investigada a Associação Matogrossense de Combate ao Câncer (AMCC), entidade incorporadora da antiga Fundação Hospital de Câncer de Mato Grosso e, como objeto, análise da execução financeira e atendimento às suas finalidades estatutárias tendo em vista a incorporação dos ativos e passivos da Fundação.

 

Leia também - Diretor do Hospital de Câncer de MT é afastado e OAB cobra por investigação

 

Para abrir a investigação, o órgão ministerial levou em consideração que notícias veiculadas pela mídia nos últimos dias, acerca de possíveis dificuldades financeiras e/ou irregularidades no atendimento aos cidadãos que necessitam dos serviços do Hospital de Câncer e Mato Grosso. 

 

O promotor observa que as notícias elencadas sugerem erros nos cálculos dos valores cobrados pela Associação ao Poder Público, recusa de atendimentos, investigações criminais em andamento e até cobranças possivelmente indevidas, já que em nota o Município de Cuiabá informa que existe um “encontro de contas” a ser observado.

 

Vacchiano cita, ainda, a existência de um Procedimento Administrativo no qual consta notícias de que o patrimônio da Fundação Hospital de Câncer de Mato Grosso foi incorporado à Associação Matogrossense de Combate ao Câncer (AMCC) em 31 de outubro de 2018, tendo dado início à extinção daquela fundação posteriormente.

 

O promotor segue contando que consta no mesmo Procedimento que, para efetivar tal incorporação, a AMCC assumiu, além dos ativos, toda responsabilidade (fiscal, civil, trabalhista, previdenciária e eventuais outras constatadas posteriormente) oriunda da Fundação.

 

Por fim, o representante ministerial aponta que "restou consignado no referido procedimento que a Associação continuaria sob o velamento do Ministério Público Estadual, para fins de garantir o efetivo cumprimento da finalidade para qual a mesma fora criada".

 

Neste sentido, o promotor destaca que a legislação brasileira "atribuiu ao Ministério Público o poder-dever de velar pelas fundações de direito privado, a fim de que estas alcancem seus objetivos e finalidades estatutárias". Por este motivo, Vacchiano converte a Notícia de Fato (denúncia) em Inquérito Civil.

 

Outro lado

O contatou a assessoria de imprensa do Hospital de Câncer e solicitou posicionamento sobre a abertura do inquérito. A resposta recebida foi a seguinte: "O Hospital de Câncer de Mato Grosso ainda não foi notificado sobre o referido inquérito, e, tão logo o seja, se posicionará fundado na verdade e na transparência de seus atos".

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

JOSÉ FRANCISCO BARBOSA ORTIZ - 16/04/2020

VEJO MAIS AS AÇÕES DO MINISTÉRIO PÚBLICO ESTADUAL PARA ATRAPALHAR DO QUE PARA AJUDAR. PORQUE NÃO VÃO VISTORIAR AS OBRAS DO HOSPITAL DO JÚLIO MULLER ABANDONADAS NA ESTRADA DE SANTO ANTONIO DO LEVEGER?

1 comentários

1 de 1

Enquete

Com o resultado da eleição, você acredita em uma Cuiabá melhor a partir de 2021

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 02/12/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 60,50 -0,82%

Algodão R$ 127,85 0,33%

Boi à vista R$ 253,11 -0,58%

Soja Disponível R$ 154,50 0,32%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.