Publicidade

Cuiabá, Sábado 08/08/2020

Política de MT - A | + A

UTIs lotadas 10.07.2020 | 11h38

Emanuel pede para 'não demonizar' Cuiabá devido covid-19

Facebook Print google plus

Secom/Cuiabá

Secom/Cuiabá

Prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) reforçou, mais uma vez na manhã desta sexta-feira (10), que as UTIs destinadas a pacientes com a covid-19 na capital estão lotadas de pacientes do interior do Estado. A declaração foi feita durante entrevista à CNN Brasil.

 

Sobre os casos da covid, Emanuel disse que já vinha alertando sobre a situação. "É uma notícia já esperada, principalmente em relação ao Mato Grosso e à interiorização do vírus, que eu já vinha anunciando há muito tempo", declarou ele, que assegurou estar mencionando essas possibilidades há, pelo menos, 45 dias, conforme a CNN.

 

Segundo o veículo, Pinheiro ainda acrescentou que não foram preparados leitos de UTI (Unidade de terapia intensiva) para pacientes da doença no interior do estado e que, por isso, a população tem migrado para a capital em busca de atendimento.

 

"Com essa desestruturação no interior, o vírus vem interiorizando com força e velocidade muito grandes, principalmente em uma situação já previamente anunciada para o Centro-Oeste brasileiro", completou na entrevista.

 

Segundo o site da CNN, o prefeito ainda disse não ter dúvidas de que essa migração está sobrecarregando o sistema de saúde da capital. "Tenho muita certeza de que não é muito diferente da rede privada e estadual", afirmou, acrescentando que a prefeitura deve entregar mais leitos de UTI na próxima semana.

 

À CNN, Pinheiro pediu conscientização para "não sobrecarregar nem demonizar" Cuiabá e criticou decisões focadas em fechar a capital enquanto liberam cidades do interior do estado. "É injusto querer trancar a população cuiabana em casa e abrir o estado inteiro. Tenho lutado muito contra isso", concluiu a entrevista.

 

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Odivania - 11/07/2020

Em Cuiabá sempre foi deprimente a saúde, agora agravou se mais ainda. Tentei entrar em contato com os postos de saúde da região do cpa mas não obtive êxito. Tudo lotado, única informação que tive é que se sentisse falta de ar pra procurar o mesmo. Isso é uma indignação. Duvido que os governantes ficariam em casa esperando que se atravessem pra procurar um médico.

Ze da roça - 10/07/2020

FICA DEMONSTRADO PARA TODA SOCIEDADE CUIABANA E MATO GROSSENSE QUE FALTA CAPACIDADE, COMPETÊNCIA, GESTÃO PARA O GOVERNADOR E O PREFEITO.

2 comentários

1 de 1

Enquete

Após a reabertura dos shoppings, você voltou a frequentar como antes da pandemia?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 07/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,50 -0,46%

Algodão R$ 91,75 -0,78%

Boi a Vista R$ 140,00 0,00%

Soja Disponível R$ 65,00 -0,31%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.