Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 22/10/2019

Política de MT - A | + A

veja quem são 13.05.2019 | 15h00

Governo demite 31 servidores envolvidos em venda ilegal de CNHs

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

O governador Mauro Mendes (DEM) demitiu mais 6 funcionários do Departamento Estadual de Trânsito. As demissões foram publicadas no Diário Oficial do Estado que circula nesta segunda-feira (13), com a suspensão de aposentadorias de outros 6 servidores. Somadas as exonerações, Mendes já demitiu 31 servidores em uma semana.


Leia também - Governador demite 25 e cassa aposentadoria de 12 servidores

 

Conforme o documento, as exonerações são resultados de Procedimento Administrativo (PAD) referentes ao processo 440254/2016 que apurou o envolvimento dos servidores na comercialização ilegal de Carteira Nacional de Habilitação (CNH), ocorrido entre 2010 a 2013 . A suspeita de fraude resultou na deflagração da Operação Fraus, pela Polícia Civil.

 

Consta no Diário que foram desligados Hugo César Ramos Paternez, Eliseu Antonio dos Santos, Eudes Will, Airton Gonçalves de Queiroz, Natália Rosa de Macedo e Roberto Ramos dos Santos.

 

Também foram punidos os servidores aposentados investigados no processo 440225/2016. Tiveram o benefício suspeito os trabalhadores Oacyr Jacob de Souza; Nivaldo de Arruda e Silva Filho; Sandra Cândida da Silva; Paulo
Marcelino de Azevedo; Demaria Moreira Calaca; Lucília Souza Garcia.

Na sexta-feira (10), o Estado divulgou a demissão de outros 25 servidores envolvidos no esquema de venda de CNH.
Foi apurado que os funcionários facilitavam a emissão da primeira habilitação e renovação de carteira mediante cobrança de propina. Houve caso em que o servidor cobrou R$ 600 para emitir o documento.

 

Conforme a assessoria da Controladora Geral do Estado (CGE), a facilitação envolvia a emissão de documentos sem a realização de aula teórica e prática, com ausência ou simulação de exames psicológicos ou médicos, com realização de provas práticas por terceiros, entre outras situações, o que configuraria no âmbito penal: falsidade ideológica, falsidade material, corrupção passiva e ativa.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Qual sua opinião sobre o comportamento do governo federal frente ao derramamento de óleo no Nordeste?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 22/10/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,20 0,50%

Algodão R$ 121,14 0,52%

Boi a Vista R$ 129,50 0,00%

Soja Disponível R$ 68,65 -0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.