Publicidade

Cuiabá, Domingo 12/07/2020

Política de MT - A | + A

Luto no governo 03.06.2020 | 20h30

Presidente da Fapemat, Adriano Silva, morre de covid-19

Facebook Print google plus

Chico Ferreira

Chico Ferreira

Após parada cardiorespiratória, o presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso, Adriano Silva, morreu na noite desta quarta-feira (3), em Cuiabá. Ele foi transferido de Cáceres, onde estava internado, para a clínica Femina na capital. 

 

Professor do curso de Direito da Unemat, ele foi reitor da instituição. Adriano contou em uma rede social no dia 1º que passou mal e procurou um médico que o recomentou a internação.

 

Os sintomas era da covid-19. Nesta quarta-feira, Adriano teve complicações pulmonares, foi entubado e transferido para Cuiabá, já que em Cáceres não tinha UTI para o caso do professor. 

 

Por volta das 20h47, o governo de Mato Grosso confirmou a morte do presidente da Fapemat. A nota diz que no domingo (31), ele sentiu os sintomas da covid-19. 

 

Foi internado em um hospital particular de Cáceres na segunda-feira. Ele estava internado em um leito de UTI na unidade. "Nesta quarta-feira, teve uma parada cardíaca, ainda em Cáceres, quando foi estabilizado. A pedido da família foi transferido para uma unidade hospitalar da rede particular em Cuiabá, no final da tarde desta quarta-feira. Durante a transferência, em UTI aérea, sofreu duas paradas cardíacas. Ele não resistiu e morreu no início desta noite. O presidente fez o exame de Covid-19, cujo resultado ainda não saiu". diz o governo.

 

O governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes lamentam profundamente o falecimento do amigo e gestor e prestam condolências aos familiares.

 

Suplente de deputado federal, Adriano estava filiado ao DEM.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

eleitor - 03/06/2020

Na secretaria de saúde do estado, os servidores estão dando positivo e os colegas não são dispensados e nem fazendo teste. Só quando estiverem morrendo que o servidor fara teste ou será liberado. Secretário incoerente. Os servidores também estão impedidos de tirarem férias ou licença. Com isso está tendo grande aglomeração, principalmente com as obras de reforma que estão acontecendo na sede da secretaria. Ontem fizeram o teatro da distribuição das ambulâncias no palácio paiaguás, pois a partir do dia 4 de junho não poderão faze-lo por conta do período eleitoral, depois voltaram com elas para o estacionamento da secretaria.

Francisca Iresdania - 03/06/2020

Não entendo vocês, o destaque da notícia é que morreu de covid-19 (afirmação). Quando o leitor ler, encontra no texto que o resultado do exame não saiu. Ora, como podem afirmar diagnóstico sem resultado????? Só me resta o benefício da dúvida em relação a credibilidade do jornal.

2 comentários

1 de 1

Enquete

Você acredita na eficácia das barreiras sanitárias implantadas em Cuiabá?

Parcial

Edição digital

Domingo, 12/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 17,60 -0,56%

Algodão R$ 98,99 -0,94%

Boi a Vista R$ 137,50 0,73%

Soja Disponível R$ 58,20 0,87%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.