Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 24/09/2020

Política de MT - A | + A

DEU NA ÉPOCA 04.11.2019 | 08h53

Riva e Funaro atuam no ramo de pedras preciosas, diz revista

Facebook Print google plus

Divulgação/PJC

Divulgação/PJC

O doleiro e delator da Operação Lava Jato, Lúcio Funaro, e o ex-deputado José Riva, estariam em uma sociedade para atuar no ramo de pedras preciosas. A informação é da coluna do jornalista Guilherme Amado, da revista Época, publicada no domingo (3).

 

De acordo com o jornalista, o ex-presidente da Assembleia em Mato Grosso, José Riva, seria um dos sócios. Funaro e Riva são amigos de longa data e já estiveram juntos em algumas transações imobiliárias. Entre elas, estaria a fazenda Bauru, em Colniza. 

 

Leia também - Grupo que desviou R$ 10 mi pagou dívida de Silval com cheques sem fundo

 

Funaro teria pago R$ 1 milhão a pedido do então parlamentar para a concretização da compra da fazenda por Riva e o ex-governador Silval Barbosa em 2012. A propriedade foi comprada da empresária Magali Pereira Leite, no valor total de R$ 18,6 milhões. 

 

A propriedade está em nome da empresa Floresta Viva Exploração de Madeira e Terraplanagem, que pertence à deputada estadual Janaina Riva (MDB), sua mãe Janete Riva e seu irmão José Geraldo Riva Júnior. O pagamento feito por Funaro através Transferência Eletrônica Direta (TED) consta em um processo de reintegração de posse que Magali ingressou sob alegação de atrasos nos pagamentos, que, se somado a multas contratuais, ultrapassa os R$ 27 milhões.   

 

Funaro depositou R$ 1 milhão na conta de Magali, referente aos R$ 5 milhões, a título de sinal, para a compra da fazenda.   

 

Delatores   

Funaro fechou acordo de delação premiada no ano passado. Ele é considerado o principal operador do MDB no Congresso Nacional. Já José Riva está em fase final na negociação com o Ministério Público de Mato Grosso, tentando conseguir sua colaboração premiada.  

 

Outro lado  

Procurado pelo , José Riva negou a informação e disse que tal fato nunca existiu. Riva voltou a atuar como corretor em Mato Grosso.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Onze candidatos disputam o Senado, você acha que o número amplia o leque de propostas ou mostra a desunião da classe política?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 24/09/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,30 -1,84%

Algodão R$ 91,42 0,36%

Boi a Vista R$ 131,91 -0,07%

Soja Disponível R$ 64,80 0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.