Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 05/12/2019

Gastronomia - A | + A

25.07.2019 | 09h10

De encher os olhos e dar água na boca

Facebook Print google plus

Rita Comini

Divulgação

Chocolate Lugano

Chocolate Lugano, de Gramado

O chocolate é um alimento e um ingrediente tão adorado, incrível e versátil, que em muitos países e em várias cidades brasileiras existem eventos dedicados a ele. Em Cuiabá não é diferente.

 

Amanhã, sexta-feira, 26 de julho, tem início a 4ª edição do Festival do Chocolate de Mato Grosso, que está recheada de novidades. Desta vez será no Sesi Papa, e prossegue até domingo, 28, das 16 horas até a meia-noite, com entrada gratuita.

O Festival reúne cerca de 160 expositores, dentre eles, empreendedores que participam desde a primeira edição e outros que fazem sua estreia esse ano.

 

Segundo a idealizadora e organizadora do evento, Zilda Castanho, a edição 2019 ganhou reforço no seu sabor principal: o chocolate. Ela explica que além das sobremesas envolvendo o ingrediente, o evento terá a participação da Lugano, uma tradicional marca de chocolate de Gramado. “Teremos chocolates em barra, nas mais diversas composições e uma grande diversidade de opções”, detalha.

O Festival reúne cerca de 160 expositores, dentre eles empreendedores que participam desde a primeira edição.
Zilda comenta que o Festival do Chocolate envolve não somente as tradicionais empresas de doces da capital, mas também algumas de salgados, comidas saudáveis, artesanato, moda, plantas naturais e oficinas gratuitas.

 

“O visitante vai se surpreender com a diversidade e encontrar também comidas como hambúrgueres, batata recheada, caldos, risotos, tapioca, foundue, churrasco grego, pastel, espetinho, salgados, culinária cuiabana até de outros países como kebab, yakisoba, comida árabe, italiana, além das opções fitness”.

Júlia Góes

Carolinas da chef Júlia Góes

As famosas carolinas da chef Júlia Góes

Entre as inúmeras gostosuras que poderão ser degustadas no evento estão as criações da chef Júlia Góes, que assina as delícias da Bajú Confeitaria Artesanal. Formada em gastronomia, especialista em confeitaria, as suas carolinas são sua marca registrada. Além dessas delícias, Bajú dedica-se também a produção de bombons finos, feitos com chocolate belga.

 

A cuiabana Bárbara Lock, formada em gastronomia na faculdade Anhembi Morumbi, vai levar suas delicadas e saborosas balas de coco, conhecidas sob a marca Tibaba. “O nome foi a primeira palavra do meu sobrinho na tentativa de dizer tia Bárbara”, conta ela, acrescentando que essa é sua a segunda participação no Festival.

Divulgação

Balas de coco da Tibaba

Balas de coco Tibaba, de Bárbara Lock

A gastrônoma começou a fazer as balas após ler em uma revista sobre o assunto e os testes se iniciaram. Muitas deram errado até que uma prima da sua mãe lhe ensinou a receita da família. “E até hoje continuo testando e criando novos sabores. Teremos os clássicos, tradicional, aromatizada de gengibre e as recheadas de brigadeiro, beijinho, doce de leite, capim cidreira e pequi. As novidades ficam por conta das balas geladas - tradicional e as recheadas de doce abacaxi e de abóbora. E com mais sabores das aromatizadas como limão, laranja, castanha do brasil, nozes e amendoim”, anuncia.

 

A memória afetiva e receitas de família também se destacam. Caso de Quitandas da Vó Rita, que nasceu a partir das receitas deixadas pela avó materna da Mariana Prata Aguiar, a vovó Rita, que morreu aos 96 anos, há um ano e meio. De família mineira, com muita tradição em fazer quitandas diariamente para acompanhar o café, a ideia veio para acalentar o coração repleto de saudades. “Todos as nossas petas são feitas artesanalmente e sem conservantes, com intuito de resgatar o sabor que remete à infância. Hoje temos seis sabores: tradicional; cebola, alho e salsa; pimenta; queijo, multi grãos e beterraba”, explica.

As massas caseiras preparadas para a família de Zulma Canavarros fazem tanto sucesso que se transformaram em negócio. A Zulmassas vai levar massas caseiras de macarrão, lasanha, pizzas, mini pizzas e também, como são libaneses, não poderia faltar receitas da sua culinária de origem: kibe cru e pão sírio.

 

Oficinas

Para aqueles que desejarem ir além e manusear o chocolate, o evento oferece oficinas gratuitas, conduzidas pelo Sesi, Senai e pela Universidade de Cuiabá (Unic), em estrutura montada especialmente para as aulas.

 

Arquivo

Brigadeiro

Impossível conceber um festival de chocolate sem brigadeiro

Serão demonstradas técnicas de temperagem de chocolate nobre, preparo de arabescos de chocolate para decoração, de bombons maciço com o chocolate temperado e decoração de cupcake. Além de três receitas: cupcake de chocolate com recheio trufado, brigadeiro e tartelett de brigadeiro.

 

Compromisso social

Desde sua primeira edição, o evento abre espaço para entidades beneficentes e filantrópicas. Neste ano, participam a Rede Feminina Estadual de Combate ao Câncer de Mato Grosso, Amor em Retalhos, Luxo sem Lixo, Apam, Lions Club Cuiabá Norte, Pastoral Familiar São João Paulo II, Clichês na Rua e projeto Verde Novo.

 

300 Anos

Além da mostra gastronômica, o evento, cujo tema deste ano homenageia Cuiabá 300 anos, reúne feira de artesanato, moda, produtos e serviços.

 

No quesito entretenimento, a Entrelinhas Editora apresenta mostra fotográfica sobre Cuiabá.

 

Haverá espaço kids para a criançada e espaço pet para os cães.

 

Confira mais sobre eventos que ocorrem em Mato Grosso na edição impressa do jornal A Gazeta.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

Enquete

Ondas de manifestações ocorridas em países como Chile e Colômbia podem chegar ao Brasil?

Parcial

Edição digital

Quinta-feira, 05/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 24,20 0,41%

Algodão R$ 92,04 0,24%

Boi a Vista R$ 136,00 0,50%

Soja Disponível R$ 69,90 -0,85%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.