Publicidade

Cuiabá, Sábado 08/08/2020

Cidades - A | + A

LÍDER RELIGIOSO 08.07.2020 | 15h42

De anônimos a Bolsonaro, fiéis lamentam morte do pastor Sebastião

Facebook Print google plus

Reprodução/Marcelo Camargo/Agência Brasil

Reprodução/Marcelo Camargo/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) emitiu nota de pesar pela morte do presidente da Assembleia de Deus em Mato Grosso, pastor Sebastião Rodrigues de Souza, 89 anos, que morreu vítima da covid-19, na madrugada desta quarta-feira (08).

 

No comunicado, o presidente citou uma passagem bíblica e conclamou para que todos orem pelo conforto dos familiares do pastor. “Hoje mais uma vez isto ocorreu com a partida para o Senhor do saudoso pastor Sebastião Rodrigues da Igreja Assembleia de Deus! A terra perde valoroso obreiro, mas o Senhor abraça um filho que venceu!”, disse Bolsonaro.

 

Leia também - MT e Cuiabá decretam luto e políticos homenageiam pastor Sebastião

 

Conforme noticiado pelo , o governador Mauro Mendes (DEM), o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) e diversos outros políticos de Mato Grosso também emitiram comunicados oficiais lamentando a morte do líder religioso, que há mais de 40 anos trabalha em prol da palavra de Deus no estado.

 

Nascido no interior de Minas Gerais, o pastor se casou aos 18 anos com a pastora Nilda de Paula. Ao longo dos 70 anos de matrimônio, o casal constituiu família com quatro filhos e edificou o maior tempo religioso de Mato Grosso, o Grande Templo – que é um dos maiores da América Latina.

 

Enviado a Mato Grosso no início de dezembro do ano de 1974, o pastor assumiu a liderança da Assembleia de Deus na capital mato-grossense em um momento no qual Cuiabá e Várzea Grande somavam, juntas, sete igrejas.

 

A trajetória pessoal do líder religioso perpassa também a história de fundação do Grande Templo. A edificação, que demorou 11 anos para ser erguida, foi inaugurada em 1996 e hoje é um dos símbolos da fé cristã em Mato Grosso. O templo conta com escola de nível fundamental e médio, livraria e rádio própria.

 

Atualmente, após mais de quatro décadas, a capital e Várzea Grande somam cerca de 286 igrejas conta com uma comunidade religiosa de 50 mil fieis. Em todo Mato Grosso, já se contabilizam cerca de 150 mil adeptos da religião.

 

Informações apontam que o cortejo fúnebre da liderança religiosa terá início às 15h30 em frente ao Grande Templo.

 

Nas redes sociais, são milhares de evangélicos lembrando do pastor, conhecido por ser um homem que ajudava e atendia a todos indistitamente.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Souza - 08/07/2020

Pastor Sebastião.... Homem de Honra.... Homem de DEUS.... Esta no PARAÍSO com o SENHOR..... Um dia estarei também...... “PRECIOSA É AOS OLHOS DO SENHOR A MORTE DOS SEUS SANTOS” (SL 116:15)

1 comentários

1 de 1

Enquete

Após a reabertura dos shoppings, você voltou a frequentar como antes da pandemia?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 07/08/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,50 -0,69%

Algodão R$ 97,23 -0,20%

Boi a Vista R$ 133,10 0,83%

Soja Disponível R$ 58,30 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.