Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 14/07/2020

Política de MT - A | + A

cobra autoridades 30.06.2020 | 16h52

Vereador, irmão médico e mais 6 familiares em VG estão com covid-19

Facebook Print google plus

Arquivo pessoal

Arquivo pessoal

O vereador Miguel Baracat (PV), de Várzea Grande, disse que testou positivo para o novo coronavírus, em sessão virtual da câmara nesta terça-feira (30). De acordo com o parlamentar, ele foi diagnosticado com a doença há pelo menos quatro dias e está em isolamento social.


Segundo Baracat, ele desconfia que foi infectado com o vírus ao visitar um caixa eletrônico 24 horas. O parlamentar relata que estava cumprindo a quarentena e tomando medidas de biossegurança, justamente para evitar a contaminação.


“Desconfio que foi no caixa eletrônico. E eu não facilitei: quase não sai de casa, e quando saia, era de máscara. Mas não tive o cuidado de ir ao caixa eletrônico e passar álcool em gel em seguida”, analisa.

 

Leia também - Senador Jayme e prefeita testam positivo para a covid-19


Após a ida ao caixa eletrônico, ele começou a se sentir mal. O vereador relata que primeiro sentiu uma forte dor, que ia do calcanhar até a coluna. Por ter problemas cervicais, não imaginou que a dor o levaria a ser diagnosticado com covid-19.


Foi uma tomografia no pulmão que levantou a suspeita da doença. “Já tive artrite, artrose e bico de papagaio. O médico hoje em dia só consulta, passa um exame e remédio, nem pega em você, mas ele disse que eu era do grupo de risco. Fiz uma tomografia, fui fumante por muitos anos, mesmo tendo parado de fumar há 23 anos”, conta.


O diagnóstico saiu semana passada, mas Baracat relata que já está melhor, sem dor no peito e que parou de tossir.


Ele conta ainda que ao menos 8 familiares também testaram positivo para o coronavírus ou tem suspeitas, sendo um sobrinho, duas irmãs e um irmão. O irmão caçula, que é médico, está internado, com respiração mecânica.


O vereador disse que irá fazer cobranças, desde as agências, para que higienizem os caixas eletrônicos, até o governo. Ele afirma que o secretario estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo, tem “que tirar a bunda do gabinete, não é só vereador que fiscaliza”. O secretário também foi diagnosticado com a doença.


“Entramos de férias, mas não é por causa disso que vamos parar. Vou fazer umas fiscalizações, terminar minha quarentena e cobrar o município. Porque pregam que estão dando kits em todas as redes municipais de saúde e não é verdade”, critica.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Você acredita na eficácia das barreiras sanitárias implantadas em Cuiabá?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 14/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,20 0,50%

Algodão R$ 92,21 -0,12%

Boi a Vista R$ 132,05 0,18%

Soja Disponível R$ 67,80 -0,59%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.