Publicidade

Cuiabá, Quinta-feira 16/07/2020

Judiciário - A | + A

Em Cuiabá 18.01.2020 | 11h19

Justiça condena empresa aérea que proibiu passageira de embarcar

Facebook Print google plus

Rafaella Zanol / Sinfra-MT

Rafaella Zanol / Sinfra-MT

Uma decisão da Terceira Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de Mato Grosso condenou uma empresa aérea a pagar R$ 4 mil a uma passageira que teve o embarque barrado sob alegação de falta de pagamento de taxas, quando a cliente já havia pago os valores.

 

Por causa da decisão da empresa, a mulher, que viajava de Cuiabá para Recife (PE), teve que gastar com passagem de ônibus para Goiânia (GO), onde pegou um voo para o destino que pretendia.

 

Leia também - Cliente recorre à Justiça após churrascaria não vender refrigerante de 2 litros

 

O problema foi causado pela agência de viagens, para a qual a cliente pagou as taxas, mas que não as repassou para a empresa aérea, no entanto, o Judiciário entendeu que a falha na prestação de serviços não poderia causar penalização à consumidora.

 

“Essa conduta que se traduz em um dever imposto ao fornecedor tem previsão expressa nos arts. 6º, III; 8º; e 31 do Código de Defesa do Consumidor, o que não foi observado no caso dos autos. Isso porque restou demonstrada a falha na prestação dos serviços entre a agência de viagem e a empresa aérea no dever de informar adequadamente a consumidora em tempo hábil sobre possíveis falhas na operacionalização da viagem, como, por exemplo, o surgimento de pendências financeiras, o que gera o dever de indenizar, vez que a empresa aérea impediu a parte autora de embarcar. Restando demonstrada a falha na prestação de serviços, o dever de indenizar é medida que se impõe”, enfatizou a relatora do recurso, a desembargadora Antônia Siqueira Gonçalves. (Com informações da assessoria)

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Você acredita na eficácia das barreiras sanitárias implantadas em Cuiabá?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 15/07/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 17,85 1,71%

Algodão R$ 94,51 -0,49%

Boi a Vista R$ 131,25 -0,19%

Soja Disponível R$ 68,50 -1,23%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.