Publicidade

Cuiabá, Segunda-feira 25/05/2020

Política de MT - A | + A

Queda na arrecadação 05.04.2020 | 11h23

Todos terão que colaborar, diz Mauro sobre possível redução de duodécimo

Facebook Print google plus
Eduarda Fernandes

eduarda@gazetadigital.com.br

Christiano Antonucci - Secom - MT

Christiano Antonucci - Secom - MT

“Todos, nesse momento todos, literalmente todos, terão que colaborar para minimizar os efeitos e os impactos dessa queda de arrecadação”, essa foi a fala do governador Mauro Mendes (DEM) ao ser questionado sobre a possibilidade de reduzir o valor do duodécimo repassado aos Poderes, em entrevista ao Jornal do Meio Dia, da TV Vila Real, na quinta-feira (2).

 

Apesar disso, Mauro falou que ainda não iniciou as tratativas com os órgãos, pois precisa ter números concretos. “Não adianta eu ir conversar com o presidente do Tribunal de Justiça, da Assembleia, do Ministério Público, do Tribunal de Contas, baseado em previsões. Nós precisamos ter dados concretos na mão para que nós possamos apresentar um cenário real e aí fazer um diálogo em cima da verdade”, ponderou.

 

Leia também - Prorrogado pagamento de ICMS de micro e pequenas empresas

 

Neste sentido, o governador ressaltou que sua equipe está se esforçando muito para minimizar os efeitos da crise no repasse do duodécimo. Disse trabalhar com “seriedade para que esse impacto seja o menor possível para os servidores, para a sociedade, porque eu também não posso suspender a compra de medicamentos, de remédios”.

 

Mauro comentou que todos estão cientes que os Estados vão enfrentar dificuldades econômicas por conta da pandemia. “Temos que pegar o dinheiro que tivermos e, com Justiça e com igualdade, distribuir entre todos para minimizar o impacto na vida de todo mundo”, destacou.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

jose a silva - 06/04/2020

O problema é o seguinte: siga a lei! O duodécimo não seria um "x%" da arrecadação? Se a arrecadação sobe recebe mais, se cai recebe menos! Ou já seria um valor determinado no orçamento? Então o por que de repasses quando tem excesso de arrecadação? Tem algo errado aí nesse balaio de gato.

ILDO PEREIRA - 06/04/2020

E muito facial resolver Governador, so que tem de ter coragem, estipule um teto Salarial para todo funcionalismo e aos Poderes e Orgaos constituidos encaminha transferencias somente para cobrie folha de pagamento durante 6 meses, ou ate quando as receitas começarem a melhorar, com certeza a populaçao estara do seu lado.

2 comentários

1 de 1

Enquete

A constante troca de ministros pelo presidente Jair Bolsonaro compromete a sua gestão?

Parcial

Edição digital

Segunda-feira, 25/05/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 21,30 -0,93%

Algodão R$ 91,22 -0,77%

Boi a Vista R$ 132,82 -0,23%

Soja Disponível R$ 66,00 0,00%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.