Publicidade

Cuiabá, Sexta-feira 24/01/2020

Judiciário - A | + A

PREJUÍZO DE R$ 4,4 MILHÕES 11.12.2019 | 11h49

Empresário acusado de golpe em donos de carros de luxo será interrogado no Paraná

Facebook Print google plus

Divulgação

Divulgação

Pelo menos 20 vítimas já procuraram a Polícia

A juíza Suzana Guimarães Ribeiro, da Sexta Vara Criminal de Cuiabá, marcou para o dia 30 de janeiro de 2020 a audiência do empresário Suzana Guimarães Ribeiro, dono da Sportcar Comércio e Locação de Veículos Eirele. A oitiva ocorrerá por carta precatória, pois o réu foi autorizado a se mudar para Curitiba (PR), no mês passado.

 

Leia também -Veja o calendário de matrícula da rede estadual de ensino

 

Ele será ouvido e apresentará provas para sua defesa, além de arrolar 3 testemunhas para depor a seu favor, na ação em que é acusado de estelionato.

 

“Deverá estar acompanhado de advogado devidamente constituído, sob pena de meação de defensor dativo. 2. Pretendendo a parte ré produzir prova testemunhal, deverá comparecer á audiência acompanhada de suas testemunhas, até 03 no máximo, apresentando, nessa mesma ocasião, as demais provas que tiver”, diz trecho da notificação encaminhada ao réu no dia 4 de dezembro.

 

Em 19 de novembro a defesa do réu pediu autorização ao juíza para que ele se mudasse para a capital paranaense. Apesar na manifestação contrária do Ministério Público Estadual (MPE), a juíza, Silvana Ferrer Arruda, também da Quinta Vara, autorizou a mudança.

 

Ele segue sob monitoramento eletrônico, agora com nova especificação de endereço e, caso o aparelho dê problema, ele tem que se apresentar à Secretaria de Estado de Segurança (Sesp) para reparos, pois o equipamento é de responsabilidade do acusado.

 

Segundo a ação, o acusado era dono da revenda de veículos e responsável pela venda dos mesmos. Ele ganhava um percentual sobre o valor da venda e o restante era passado aos proprietário, mas não era isso que acontecia. Após a venda ele ficava com o valor total e não passava valores aos donos do bem.

 

Cerca de 24 vítimas já foram identificadas e acusam o empresário de ter gerado um prejuízo total de R$ 4,4 milhões.

 

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

Enquete

Sobre o reajuste de R$ 6,00 no salário mínimo

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 24/01/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 20,82 5,95%

Algodão R$ 92,92 0,24%

Boi a Vista R$ 135,72 -0,53%

Soja Disponível R$ 64,80 0,15%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.