Publicidade

Cuiabá, Sábado 24/10/2020

Judiciário - A | + A

medida cautelar 22.04.2019 | 07h47

STF nega pedido para Chico Lima viajar sem autorizações

Facebook Print google plus

João Vieira

João Vieira

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou seguimento ao pedido do procurador aposentado em Mato Grosso, Francisco Gomes de Andrade Lima Filho, conhecido como Chico Lima, que buscava liberar viagens para fora de Mato Grosso sem necessidade de autorização prévia da Justiça. Ele é réu em ações envolvendo o ex-governador Silval Barbosa.   

 

Leia também - Carlos Fávaro sabia de suposto caixa 2, afirma delator premiado

 

Conforme informações do STF, Lima foi liberado de medidas cautelares como monitoramento eletrônico, mas resta  necessidade de pedido de autorização para se ausentar da comarca. Insatisfeito com o posicionamento do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), recurso foi entregue ao Superior Tribunal de Justiça (STJ).  

 

Ocorre que o STJ julgou de forma monocrática o pedido do procurador aposentado, na figura do ministro Antonio Saldanha Palheiro, negando liminar. Antes de o mérito ser julgado em colegiado, Lima recorreu ao STF.  

 

Justamente a supressão de instâncias foi levada em conta para que o seguimento ao habeas corpus fosse negado. “À míngua de pronunciamento judicial conclusivo pela Corte Superior quanto à matéria trazida nestes autos, inviável a análise do writ pelo Supremo Tribunal Federal, sob pena de indevida supressão de instância”, decidiu Rosa Weber. A decisão é do dia 16 de abril.  

 

Chico Lima   

 

O procurador aposentado é réu em ações penais por corrupção consistentes em desvio de milhões de reais por meio de diferentes esquemas já admitidos pelo ex-governador Silval Barbosa em delação premiada.  

 

Todos os processos foram propostas pelo Ministério Público Estadual (MPE) em desfavor de Silval, seu ex-chefe de gabinete, Sílvio Cezar Corrêa Araújo, dos ex-secretários de Estado, Pedrol Nadaf, Marcel de Cursi e Arnaldo Alves de Souza Neto e ex-presidente do Intermat, Afonso Dalberto.  

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

Como você avalia a ausência de um candidato convidado para debater com adversários?

Parcial

Edição digital

Sexta-feira, 23/10/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 61,00 2,52%

Algodão R$ 125,19 1,55%

Boi à vista R$ 242,24 0,00%

Soja Disponível R$ 161,50 0,31%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real 10.1, TV Pantanal 22.1, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2020 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.