Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 26/05/2020

Política de MT - A | + A

compras sem licitação 27.03.2020 | 09h55

TCE fiscaliza prefeitos durante calamidade pública por causa do coronavírus

Facebook Print google plus

CHICO FERREIRA

CHICO FERREIRA

O presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), conselheiro Guilherme Maluf, determinou a investigação em possíveis abusos por parte das prefeituras de Mato Grosso na aplicação dos decretos de calamidade pública, aprovada pelo Congresso Nacional a pedido do presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido).

 

A medida foi tomada após várias denúncias serem recebidas pelo acesso direto ao cidadão e pela Ouvidoria da Corte de Contas, que mesmo em trabalho remoto continuam atuando no atendimento à sociedade.

 

Leia também - Emanuel libera abertura de supermercados aos domingos

 

“O TCE continua produzindo controle e orientação. Os mecanismos de acessos ao cidadão e aos jurisdicionados estão em pleno funcionamento, mesmo em home office. Temos recebido denúncias, consultas, pedidos de orientações e buscado responder as demandas da sociedade”, ressaltou o presidente do órgão, o conselheiro Guilherme Maluf.

 

Entre os questionamentos, chama atenção o número de denúncias envolvendo abusos na aplicabilidade dos decretos de calamidade dos governos estadual e federal.

 

O decreto de calamidade permite aos prefeitos a não cumprirem intens da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), como compras e contratos sem processo licitatório.

 

O TCE também recebeu denúncia de irregularidades em torno de repasses suplementares feitos pelo Executivo ao Poder Judiciário e ao Ministério Público Estadual (MPE).

 

“Vamos cumprir nossa missão constitucional de promover o controle. Determinei o encaminhamento das denúncias que envolvem os jurisdicionados aos gabinetes dos conselheiros relatores e solicitei uma análise da Consultoria Jurídica Geral sobre os repasses suplementares. Vamos ouvir todos os envolvidos e avaliar todos os procedimentos tomados”, explicou Maluf.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Enquete

A constante troca de ministros pelo presidente Jair Bolsonaro compromete a sua gestão?

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 26/05/2020

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 25,10 0,20%

Algodão R$ 95,03 0,14%

Boi a Vista R$ 130,00 0,78%

Soja Disponível R$ 66,45 0,23%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.