Publicidade

Cuiabá, Quarta-feira 13/11/2019

Política de MT - A | + A

Gilmar Mendes em Cuiabá 08.11.2019 | 19h00

Poderia ter mandado Lula ir pra casa antes, diz ministro em visita ao novo hospital

Facebook Print google plus

Chico Ferreira

Chico Ferreira

A presença do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, no Hospital Municipal de Cuiabá (HMC) ofuscou a visita guiada que o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) propôs nesta tarde de sexta-feira (8). Com a soltura do ex-presidente Lula, o ministro comentou sobre a polêmica em volta da prisão em segunda instância.

 

Após 580 dias preso na sede da Polícia Federal em Curitiba, Lula teve sua saída autorizada pelo juiz Danilo Pereira Júnior, logo depois de o STF derrubar a possibilidade de prisão de condenados em segunda instância.

 

Leia também - Juiz aponta que acusados tentam obstruir as investigações

 

Em entrevista coletiva, Gilmar Mendes disse estar tranquilo quanto às críticas que circulam nas redes sociais atacando o STF, ou até mesmo de políticos da oposição. “Muita gente se elegeu com a mensagem da Lava Jato, portanto é normal que ecoe esse tipo de coisa. Mas é preciso que a gente discuta e dialogue, mostre essas realidades”.

 

O ministro ainda critica o que chama de aparato social e o sistema judiciário. Para ele, a prisão em segunda instância afoga ainda mais a carceragem no Brasil.

 

“Temos de um lado o caos na segurança publica, mas veja, quando a gente centra só na questão da 2ª instância, a gente esquece uma coisa: nós temos no Brasil, alguma coisa como 150 mil presos, dos quais 41% são presos provisórios. Quando falo preso provisório, eu falo de sem sentença, foi preso por uma ordem judicial e está sem condenação alguma. É um número muito grande. Nós temos que fazer um imenso esforço, mutirão e tudo mais pra julgar os casos dos réus presos”.

 

Em relação ao caso do ex-presidente, Gilmar Mendes não muda de opinião quanto a derrubada da prisão em segunda instância do STF. Ele também critica a imprensa que, segundo o ministro, tem grande responsabilidade na polarização política.

 

“Caso do lula é constrangedor. Poderia ter mandado ele pra casa antes. A mídia opressiva faz com que o tribunal tenha medo. É preciso fazer a autocritica. Eu estou culpando o STJ por isso? Não. Eu até brinco com isso, eu quero de fato apontar problemas”.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Claudecir Contreira - 12/11/2019

Eu não entendi o convite do Emanuel para esse tal Gilmar Mendes visitar o hospital!!!

1 comentários

1 de 1

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

GD

GD

Enquete

Costuma verificar a veracidade de uma informação antes de passar para a frente?

Parcial

Edição digital

Quarta-feira, 13/11/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 19,05 0,79%

Algodão R$ 90,52 -0,22%

Boi a Vista R$ 130,56 0,00%

Soja Disponível R$ 69,00 0,73%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.