Publicidade

Cuiabá, Terça-feira 10/12/2019

Judiciário - A | + A

grampolândia 18.11.2019 | 20h55

‘Nítida disposição em tumultuar’, diz delegada sobre obstrução de Jarbas

Facebook Print google plus

Chico Ferreira

Chico Ferreira

Após o ex-secretário de Segurança Pública e delegado aposentado, Rogers Jarbas ser monitorado pela segunda vez por tornozeleira eletrônica a partir desta segunda-feira (18), a delegada Ana Cristina Feldner comentou que Jarbas tinha “nítida disposição em tumultuar e atrapalhar” o andamento das investigações da grampolândia pantaneira.

 

A determinação do uso de tornozeleira é do juiz da 7º Vara Criminal, Jorge Tadeu. Ele negou o pedido da força-tarefa da Polícia Civil, que investiga o caso, de prisão preventiva. Contudo, entendeu a necessidade das cautelares.

 

Leia também - 'Espero que verdade venha à tona', afirma Jarbas ao colocar tornozeleira

 

De acordo com Feldner, que junto com Jannira Laranjeira conduz as investigações da grampolândia pantaneira, não resta dúvidas de que há uma organização criminosa por trás e que Jarbas teria realizado diversas obstruções para atrapalhar o andamento do caso.

 

“Essas organizações criminosas, temos visto que são especialistas em matar reputações. São verdadeiros assassinos de reputações. Vemos desde o começo, quando Mauro Zaque diz que houve a denúncia, e ele é acusado de ter fraudado o protocolo. Não se justifica naquela época, não se falava naquela época da existência ou não da grampolândia. Se fala de fraude a um protocolo, que posteriormente vem a ser identificado que a fraude não foi prontificada pelo denunciante”, aponta.

 

Ela ainda cita exemplos de tumultos causados pelo ex-secretário, como peticionar mais de duas mil páginas em dois meses para retardar o andamento da investigação. Além disso, há a intervenção na Operação Esdras, em que Jarbas expôs o desembargador Orlando Perri.

 

“Eles (organização criminosa) vem nessa seara de atacar reputações. Recentemente nós vimos no caso do supermercado também, onde acabou atingindo o objetivo, que foi afastar o delegado Flavio Stringueta das investigações”, cita Feldner.

 

Ainda que tenha atraso das investigações – que começaram em 2015, com a denúncia do ex-secretário de Segurança Pública e promotor de Justiça, Mauro Zaque, de esquema de grampos ilegais – e a prisão preventiva não tenha sido aceita, a delegada se mantém confiante com o andamento do caso.

 

“Nós estamos lidando com uma organização criminosa que rompeu todo o aceitável para poder se perpetuar no poder. Se isso tivesse dado certo, eu não sei qual estado de democracia que o estado de Mato Grosso estaria hoje. Qualquer ato, inclusive jornalista, pessoas particulares e funcionários públicos que de alguma forma se insurgissem contra questões políticas, com certeza seriam perseguidos”.

 

Em resposta ao que Jarbas disse ao deixar o Fórum com a tornozeleira, de que “espera que a verdade venha à tona”, Feldner novamente aposta no progresso do caso.

 

“É tão difícil porque eu não sou psicóloga e nem psiquiatra, eu sou delegada. E como delegada, o que nós estamos trabalhando arduamente é para que toda a verdade venha à tona, esse é objetivo da investigação e acredito que toda a sociedade espera e que aconteça o mais breve possível”.

Voltar Imprimir

Publicidade

Comentários

Jornal do Meio Dia - JM

Jornal do Meio Dia - JM

Enquete

Presidente Jair Bolsonaro foi indicado a Personalidade do Ano pela revista Time

Parcial

Edição digital

Terça-feira, 10/12/2019

imagem
imagem
imagem
imagem
imagem
imagem

Publicidade

btn-4

Indicadores

Milho Disponível R$ 24,30 0,83%

Algodão R$ 120,37 0,53%

Boi a Vista R$ 128,65 -0,27%

Soja Disponível R$ 76,00 0,40%

Publicidade

Classi fácil
btn-loja-virtual

Publicidade

Mais lidas

Publicidade

O Grupo Gazeta reúne veículos de comunicação em Mato Grosso. Foi fundado em 1990 com o lançamento de A Gazeta, jornal de maior circulação e influência no Estado. Integram o Grupo as emissoras Gazeta FM, FM Alta Floresta, FM Barra do Garças, FM Poxoréu, Cultura FM, Vila Real FM, TV Vila Real, o Instituto de Pesquisa Gazeta Dados, Gráfica Millenium e o Portal Gazeta Digital.

Copyright© 2019 - Gazeta Digital - Todos os direitos reservados Logo Trinix Internet

É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem a devida citação da fonte.